Os preenchedores de ácido hialurônico, como o Restylane, podem melhorar a saúde da pele por meio de tratamento seguro e pouco invasivo.

O ácido hialurônico é um ativo natural que conta com características estimulantes de colágeno e que hidratam a pele humana. Ele é produzido pelo próprio organismo, mas sua quantidade diminui gradativamente ao longo dos anos, sendo que sua reposição é indicada e pode ajudar a aprimorar a saúde humana. Cosméticos como o Restylane ajudam a repor o ácido hialurônico e promovem uma série de benefícios à saúde.

Para que serve o ácido hialurônico presente no Restylane

Vale destacar que o Restylane é uma das opções seguras de produtos que apresentam a função de preenchedor utilizando a substância citada aqui. O ácido hialurônico atua na sustentação e hidratação da pele, ou seja, previne a flacidez e recupera a rigidez de estruturas já afetadas. Ele preenche as linhas de expressão e mantém a pele bem hidratada, viçosa e revitalizada.

Aqui vale a pena destacar que existem dois tipos de rugas na pele:

1 – Rugas dinâmicas – são aquelas causadas pelo movimento dos músculos do corpo e que ocorrem naturalmente. As expressões faciais criam espécies de “dobras” na superfície dérmica, as quais permanecem aparentes mesmo quando o corpo está em relaxamento.

2 – Rugas decorrentes da diminuição do colágeno e do ácido hialurônico: outro tipo de rugas é aquele que resulta da queda na produção dessas duas substâncias pelo corpo. O nome popular é o de velhice precoce, o qual pode ser combatido com os produtos estéticos citados no exemplo do Restylane.

Além disso, a exposição desmedida aos raios solares, falta de cuidados corretos com a pele e condições específicas como uso de produtos químicos inadequados, podem afetar a aparência e a saúde da pele, conforme apontam artigos da própria Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). 

Cuidados devem começar a partir dos 25 anos de idade

Quem pensa que os cuidados com a reposição de colágeno e de ácido hialurônico é algo que deve ser feito apenas em idades avançadas, se engana. De acordo com especialistas na área, a partir dos 25 anos os níveis dessas substâncias entram em declínio progressivo e é preciso iniciar os tratamentos. Eles podem evitar uma série de outras situações no futuro. Inclusive, os cuidados podem atingir até a saúde de outras estruturas, como os cabelos.

“O mais indicado é começar os tratamentos estéticos preventivos a partir dos 25 anos. Nesse período, a degradação de colágeno e diminuição da produção dessa proteína começam a dar sinais. Começando assim a aparecer os primeiros sinais do envelhecimento, como os temidos pés de galinha, rugas e flacidez”, afirma Ericka Marinho, médica especialista em dermatologia, segundo matéria divulgada pelo site Metrópoles.

Para as pessoas que ainda podem ter receio em utilizar os produtos, saiba que o Restylane, por exemplo, existe no mercado há mais de 25 anos e beneficiou milhões de pessoas pelo mundo inteiro. Além de ser um produto pioneiro em seu segmento, o que torna sua segurança testada e comprovada diversas vezes. Por isso, comece os cuidados com o seu corpo a partir de agora.

VÊ TAMBÉM