Há dez anos, o avô de Juliano foi diagnosticado com a doença de Alzheimer e ele costumava cuidar dele com a sua mãe, mas infelizmente ela morreu há dois anos. Ele assumiu cuidador do avô sozinho.

Além de ser uma doença terrível para quem sofre, também é uma doença terrível para os que estão próximos, que sofrem com a deterioração sofrida pela memória de seus entes queridos. É por isso que qualquer indício de lucidez significa uma grande luz.

Isso foi confirmado por um vídeo emocionante e adorável que circula nas redes sociais, onde um avô de 95 anos, portador da doença de Alzheimer, reconhece seu neto.

De uma maneira calorosa e amorosa, o homem oferece um pouco de leite ao neto. “Você já tomou? Não. Eu fiz isso para você. Então tome um pouco. Também posso beber um pouco?”, diz o velho. É um momento realmente maravilhoso.

Olha o vídeo:

O protagonista do vídeo é Juliano Furlan, junto com seu avô. O engenheiro de 28 anos mora em Potirendaba, interior de São Paulo, Brasil e cuida do velho Santinho Furlan, diagnosticado há 10 anos.

“O meu avô está quase cego pelo glaucoma há 3 anos. Ele tem Alzheimer há 10 anos. Nós cuidamos dele juntos, minha mãe e eu, mas ela ficou doente e morreu há dois anos e meio. Hoje moro sozinho com meu avô, sozinho … e comecei a filmar nossa convivência”, disse o jovem.

Em sua conta no Instagram, Juliano registra suas aventuras e belos momentos com seu avô, espalhando sobre o verdadeiro amor incondicional. Basta olhar as suas fotos para perceber o quanto elas se amam e o quanto se divertem.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS