Não existe relação mais especial e única se não a que é partilhada entre irmãos gémeos. Com uma ligação incrível que até a ciência tem dificuldade em explicar, os irmãos gémeos são capazes de partilhar tudo, até sentimentos e gostos. Por isso, deves conseguir imaginar o quanto deve ser difícil para dois irmãos gémeos estarem separados.

Mas já imaginaste viver 19 anos sem saberes que não só tinhas um irmão gémeo, como dois, e na realidade foram separados propositadamente?

Foi o que aconteceu com os irmãos Bobby Shafran, Eddy Galland e David Kellman, devido a uma enorme coincidência, acabaram por descobrir ao fim de 19 anos que eram irmãos gémeos.

A descoberta deveu-se ao facto de Bobby Shafran ter entrado na Universidade Sullivan County Community em 1980, local onde antes o seu irmão Eddy Galland já havia estado. Desde o momento em que entrou no local, Bobby começou a ser cumprimentado por pessoas que ele nunca antes tinha visto. Contudo, não fez caso. Foi apenas quando um homem chamado Michael Domnitz, amigo de Eddy, o viu que este não descansou enquanto não descobriu o que se passava, já que as semelhanças eram bem evidentes e ele sabia bem que Eddy já havia abandonado a Universidade.

Depois de fazer algumas perguntas sobre o seu passado, desde nome, idade, dia do aniversário e até mesmo se ele era adotado, Michael percebeu que era demasiada coincidência e tratou de marcar um encontro entre Bobby e Eddy, que ficaram em absoluto choque assim que se encontraram pela primeira vez.

As parecenças eram tal, não só fisicas, como psicológicas – nos gostos e preferências de vida – que assim que perceberam que eram irmãos, nunca mais se largaram, chegando mesmo a aparecer em capas de jornais locais.

Mas as surpresas não acabaram por aqui.

Após ver os irmãos nos jornais David Kellman entrou em contacto com ambos, pois percebeu que também ele era irmão deles. Ou seja, no total eles eram três irmãos gémeos.

Infelizmente, mais tarde perceberam que a sua separação não foi por acaso e que na realidade tinha servido para um estudo do psicanalista Peter Neubauer, do Centro de Desenvolvimento Infantil de Manhattan que pretendia descobrir como é que os gémeos se desenvolviam separados. Contudo, este acabou por ser encerrado e não ser publicado devido ao facto de não ter atingido os resultados esperados.

Mais uma vez, as surpresas não terminam aqui, apesar de nem todas serem boas.

Depois de tudo isto, ainda descobriram que na realidade eles eram quatro, contudo um deles acabou por não sobreviver ao parto.

Todas estas novidades acabaram por ser demasiado para Eddy que acabou por entrar em depressão e cometer suicídio aos 33 anos.

Hoje em dia, Bobby e David têm 56 anos e apesar de tudo o que passaram, tentam aproveitar a vida da melhor forma que conseguem, nunca esquecendo os seus irmãos e tudo o que lhes aconteceu.

A história destes irmãos acabou por dar origem a um documentário: “Three Identical Strangers”.

Uma história surreal, não achas?

Fonte: Mirror

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS