É cada vez mais difícil alguém conseguir ter algum tempinho de sobra ao longo do dia. Tudo é tão corrido, tão urgente, que as pessoas não mais têm tempo para desfrutar de um passatempo, de uma amizade, ou apenas um tempinho para não fazer absolutamente nada, apenas descansar. Trabalha-se mais, acumula-se serviço, enquanto os relacionamentos humanos se tornam cada vez mais vazios de afetividade.

Ninguém aguenta, por muito tempo, passar as horas apenas atarefado e comprometido com responsabilidades que não trazem algum sossego. Por mais que se goste de trabalhar, o corpo e a mente precisam de descanso, de um intervalo em que se consiga tirar um pouco de peso dos ombros.

E nada melhor do que um amigo verdadeiro para ajudar a que a vida se torne menos densa e pesada.

Não há quem consiga manter um mínimo de equilíbrio sem ter ao menos uma pessoa com quem dividir momentos de descontração e divertimentos, mesmo que simples, como um cafezinho ou uma cervejinha, para espairecer e se esquecer, por breves momentos que sejam, do montante de dissabores que fazem parte da vida. Rir com verdade, conversar sobre amenidades, lembrar-se de momentos especiais, tudo isso alivia a carga massacrante que as obrigações do dia a dia nos obrigam a enfrentar.

Amigos não devem servir somente para consolar e ouvir os nossos problemas, mas também podem ser ótimas companhias para as ocasiões em que não temos nada de sério a pairar sobre a nossa cabeça, para as ocasiões em que apenas aproveitamos aquele ócio que recarrega as nossas baterias e as nossas energias.

Amigos nos ajudam nos momentos de escuridão, mas também nos alegram quando precisamos apenas estar com alguém para dividir café e risadas.

Não podemos deixar de lado a necessidade de desfrutar momentos de lazer, junto a pessoas boas e verdadeiras, para que não sucumbamos diante dos inúmeros problemas que lotam a nossa vida. O nosso emocional precisa de refresco e serão as pessoas que nos amam sem ressalvas os calmantes especiais que tornarão os nossos passos mais firmes e seguros.

Nada como um café com a pessoa certa.

Por: Prof. Marcel Camargo

Imagem de capa: Viktoriia Photographer, Shutterstock

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS