Bem na verdade eu não cheguei a fazer este teste, e porquê? Porque estou solteira e boa rapariga, e não faria sentido fazê-lo, mas acredito que quando encontrar o “tal” que será para a vida toda (ou pelo menos quero continuar acreditar nisso)!

Ok, confesso que não há dados científicos sobre este teste, mas acredito que todas estas respostas foram baseadas num estudo feito por alguém em alguma parte do mundo, por isso não será desprovido de alguma razão.

Deixa-te levar pela brincadeira e desfruta do nosso teste partilhando o resultado com a tua cara-metade ou com os teus amigos.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS