KT Robbin, actualmente com 97 anos, fez parte das tropas americanas na Segunda Guerra Mundial (1937-1945) e nessa altura, quando lutava no nordeste de França, apenas com 24 anos apaixonou-se por uma menina de 18 anos chamada Jeannine Ganaye.

Mas a vida separou-os, ele teve de ser transferido para lutar na frente Oriental.

Entretanto a guerra acabou e ele voltou aos Estados Unidos e a única lembrança que ele tinha de Jeannine era uma fotografia a preto e branco que tiraram naquela altura quando estiveram junto. Ele nunca mais viu a sua amada, acabando por se casar com outra pessoa.

Ela estava bem distante dele, a milhares de quilómetros, embora tivesse uma esperança de um dia poder voltar a vê-lo decidiu seguir a sua vida em frente e casou-se também, o seu nome de casada agora era Jeannine Pierson.

Passados 75 anos, cerca de sete décadas, os dois já idosos, conseguiram encontrar-se graças a uma iniciativa de um canal de televisão francês, que gravou um programa dedicado à comemoração dos 75 anos da chegada das tropas aliadas.

A equipa que estava a fazer a reportagem conseguiu descobrir o paradeiro da idosa, e estava apenas a 60 quilómetros de distância da vila francesa onde os dois se conheceram.

Os dois reencontraram-se na casa de repouso onde actualmente Pierson está, e mesmo passado tanto tempo, quando eles se encontraram parecia que nada tinha mudado. Ele diz-lhe depois de uma abraço e um beijo:

“Eu sempre te amei, e nunca saíste do meu coração”. 

Durante a reportagem, ele lembrava-se de tudo o que havia dito à sua amada, inclusive no dia da separação. “Eu disse-lhe que talvez voltasse, que talvez a levasse embora comigo para o Estados Unidos, mas infelizmente isso não aconteceu”, lembra Robbins com tristeza no olhar.

Pierson lembra-se desse dia, e contou em entrevista que quando Robbins entrou no camião, ficou muito triste e chorou imenso, mas tinha tanta esperança que ele não voltasse para a América depois da guerra, que até tentou aprender inglês.

Os dois estão viúvos, mas infelizmente esta visita teve de ser curta porque Robbins tinha de regressar aos estados para participar na cerimónia do dia D. Apesar disso os dois prometeram um ao outro voltar a ver-se. O veterano despede-se novamente da sua amada dizendo que a ama.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM




COMENTÁRIOS