Cada vez começa a ser mais frequente vermos crianças e até mesmo bebés a brincarem com telemóveis e tablets, dados muitos vezes pelos próprios pais como uma forma de os acalmar e entreter.

Contudo, o neuropsicólogo espanhol Álvaro Bilbao acredita que se queremos criar crianças mais inteligentes, devemos substituir os seus tablets e objectos tecnológicos por instrumentos musicais. Segundo este, as aulas de música estimulam muito mais a capacidade de raciocínio das crianças do que a tecnologia.

Além disso, um estudo que foi publicado na revista Psiquiatría Molecular afirma que 50% da inteligência da criança é determinada pelos genes, e os outros 50% dependem dos estímulos que elas recebem, por isso os pais têm um papel essencial na inteligência dos seus filhos.

Assim sendo, se és mãe/pai e queres saber como podes estimular a inteligência dos teus filhos, eis algumas estratégias que podes – e deves – usar:

Ler histórias com os pais antes de irem para a cama

É importante que os pais leiam histórias para os seus filhos antes destes irem para a cama,  contudo é ainda mais importante que convidem as crianças para participar. De acordo com um estudo canadense, este método ajuda as crianças a melhorarem a sua capacidade de aprendizagem.

Estudar música

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Toronto e publicado na revista Psychological Science, relacionou o desenvolvimento cognitivo com o estudo e a aprendizagem de música.

Assistir filmes/documentários em línguas estrangeiras

As crianças que aprendem a assistir filmes em línguas estrangeiras desde cedo tendem a adaptar-se mais facilmente a outros vocábulos e sons.

Reduzir o contato com a televisão

De acordo com a Associação Americana de Pediatria, as crianças com idade inferior a de anos não devem ter contato com televisão.

Evitar jogos que afirmam ajudar no desenvolvimento cerebral

A maioria deles não ajudam cientificamente em nada do que aquilo que prometem.

Fonte: O Segredo

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS