Riley é uma menina de 6 anos que sofre de alopecia, uma doença auto-imune que ataca os folículos capilares, provocando a perda total ou parcial dos cabelos. Sendo o cabelo uma parte do corpo bastante importante para as mulheres principalmente, a menina acabou por admitir à mãe, Chelsea Sylvaria, de 33 anos, que não gostava de si mesma por não ter cabelo.

A declaração da filha deixou Chelsea triste e preocupada, acabando por falar com o marido Dave sobre o assunto, de forma a tentarem arranjar uma solução para a pequena não se sentir tão mal.

Dave chamou então Riley para falarem sobre o que a fazia sentir tão triste, tentando fazer-lhe entender que ela era linda de qualquer forma, com cabelo ou sem cabelo dizendo: “Não devias dizer coisas dessas. És uma menina muito especial. O cabelo não importa, ok? (…) Amo-te de qualquer forma”. Contudo, a pequena continuava bastante triste, e foi então que lhe perguntou: “Queres que o pai rape a cabeça?”. Ela simplesmente sorriu e acenou com cabeça, e ele voltou a perguntar: “Queres que eu faça agora? Okay, vamos lá.”

O rosto da pequena alterou de imediato, ficando com um sorriso no rosto enquanto via o seu pai a rapar o seu cabelo. Enquanto cortava, Dave continuou a dar-lhe a entender que ela não precisava do cabelo para ser linda. “Eu vou deixar assim. E sabes por quê? Porque é só cabelo, filha. Não importa.”, disse-lhe.

Dave deixou inclusive a pequena Riley cortar-lhe um pedaço do seu cabelo num momento que acabou por ser filmado pela mãe e mais tarde partilhado nas redes sociais pela mesma, como uma forma de mostrar o orgulho que tem no seu marido e família, acabando mesmo por viralizar pelo Mundo.

 

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS