Apesar de vivermos numa sociedade preconceituosa que continua a olhar com desdém para pessoas “diferentes”, ainda existe quem tenha coragem de enfrentar o Mundo e mostrar-se como é realmente, como é o caso de um homem brasileiro de 24 anos transgénero, Miguel, que apesar de ter nascido mulher, sempre se sentiu masculino por dentro.

Felizmente, ao contrário do que acontece com a maioria das pessoas transgénero, homossexuais, bissexuais, transexuais e travestis, este homem recebeu todo o apoio da sua família assim que decidiu revelar a mudança de género em Março, principalmente do seu pai, Marco, que organizou uma festa de baptizado para o seu “novo” filho Miguel!

“Porque batizado? Porque estava a nascer um Miguel na família. O Miguel chegou na família. Era um bolo. […] Se a própria família não apoiar, quem vai apoiar?”, disse Marco numa entrevista ao G1.

Segundo Miguel, o seu pai é sem dúvida o seu maior apoio, sendo um exemplo do que um verdadeiro pai deve ser. “Eu costumo dizer que o meu pai nasceu para ser pai. Ele é o homem que eu olho e que eu quero ser igual. Ele ensinou-me o que é ser homem. Eu quero ser um pai como o meu pai”, disse Miguel.

Apesar da família ainda se confundir um pouco nos nomes na hora de chamar Miguel, este acredita que assim que o processo de mudança de género estiver concluído, será mais fácil.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS