O estado de pandemia mundial devido ao coronavírus está a deixar a população mundial preocupada.

No entanto há locais onde os cenários estão caóticos, como é o caso de Itália. As pessoas estão numa fase de quarentena apertada, onde é proibida a movimentação das pessoas na rua.

Perante este cenário uma enfermeira partilhou o seu testemunho esta terça-feira, 10 de março, nas redes sociais, e a mensagem está a tornar-se viral na internet.

“Sou enfermeira e estou a enfrentar esta emergência médica. Também tenho medo, mas não é de ir às compras. Tenho medo de ir trabalhar. Tenho medo porque a máscara pode não aderir bem ao rosto, ou posso ter tocado acidentalmente em luvas sujas, ou as lentes podem não me ter coberto totalmente os meus olhos e algo pode ter passado. Estou cansada fisicamente porque os dispositivos de proteção doem, a bata faz suar e quando estou vestida, não posso ir à casa de banho ou beber durante seis horas”, começou por explicar.

“Estou cansada psicologicamente, tal como todos os meus colegas que estão na mesma condição há semanas, mas isso não nos impedirá de fazer o nosso trabalho como sempre fizemos. Vou continuar a cuidar dos meus pacientes porque estou orgulhosa e sou apaixonada pelo meu trabalho”, continuou. “O que peço a quem quer que leia este post é que não anulem o esforço que estamos a fazer, sejam altruístas, fiquem em casa e assim protegem quem é mais frágil. Nós, jovens, não somos imunes ao coronavírus, também podemos ficar doentes, ou pior ainda, podemos passar a doença”.

NÃO POSSO DAR-ME AO LUXO DE VOLTAR PARA A MINHA CASA E FICAR EM QUARENTENA. TENHO DE IR TRABALHAR E FAZER A MINHA PARTE. FAÇAM A VOSSA, PEÇO-VOS POR FAVOR”, CONCLUIU.

Partilhar é cuidar!

COMENTÁRIOS