Quantos casais vocês conhecem que estão constantemente a pôr no Facebook fotos “fofinhas” cheias de mel e a fazerem declarações de amor eterno? Pois eu conheço imensos, mas o facto de o fazerem é sinal de que a relação afinal não está assim tão bem.

Não quer dizer que isto seja uma regra, mas por norma, nas redes sociais queremos mostrar sempre uma realidade mais perfeita, o que significa que muitas vezes aquilo que estamos a mostrar nem sempre corresponde à verdade, ou por outro lado, até pode ser de verdade, mas nunca é totalmente a verdade. Óbvio que postar algo triste fere-nos o ego, e não queremos ser vistos como o “pobre coitado” que sofre por amor (ou até outro motivo qualquer).

Por outro lado, as pessoas sentem cada vez mais necessidade de mostrar uma vida perfeita, que não existe, para que possamos ser bem vistos pela sociedade internauta.

Certas vezes estamos tão preocupados em apanhar a luz certa, a posição certa e por aí fora, que acabamos por nos esquecer que existe vida e que podemos usufruir muito mais dela do que imaginamos. Por isso mesmo é que estamos convencidos que ao afirmar que quanto menos actividade nas redes sociais os casais têm mais felizes são.

Existem três tipos de casais no Facebook:

1. Casais que discutem e “lavam roupa suja”

Esses casais cada vez que discutem, fazem-no através do Facebook para que toda a gente saiba, quase que numa competição para verem qual deles consegue ter mais “amigos” do seu lado.

2. Casais que tentam fazer inveja da sua “vida perfeita”

Colocando todos os dias fotos juntos e comentários tipo “não podia estar mais feliz”, “tenho a(o) melhor namorada(o) do mundo”, “melhor impossível”, etc, quando na realidade, tudo não passa de uma fachada para manterem a imagem de casal feliz.

3. Casais que nem se vêm no Facebook

Esses sim, são realmente felizes. Tão felizes que nem perdem tempo com as redes sociais. Sabem resolver os seus problemas entre eles, sem terem a necessidade de contar a todo o mundo. Preocupam-se com eles e preferem festejar as suas alegrias entre os dois do que com 400 estranhos.

Na verdade, quando tens uma relação boa e saudável, não tens necessidade de expo-la no Facebook nem de estar constantemente a dizer às pessoas que és feliz – isso simplesmente reflecte-se em ti e basta elas olharem para ti para verem que estás super bem.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM




COMENTÁRIOS