Para muitos pode parecer estranho, mas existe um emprego de “abraçador profissional” e é possível enriquecer com isso. Pelo menos é o caso de Janet Trevino, uma mulher texana de 37 anos que ganha cerca de 1600 dólares por semana (cerca de 1400€/R$6100) simplesmente a dar abraços a homens entre os 40 e 70 anos que precisem de sentir algum carinho e conforto. 

Esta sua opção de profissão surgiu após Janet se começar a sentir insatisfeita sexualmente há cerca de quatro anos atrás. Ciente de que o problema era apenas seu, começou a frequentar workshops sobre sexualidade. Foi então que conheceu duas profissionais em abraços e a ideia agradou-lhe de tal forma que acabou por se tornar numa “abraçadora profissional”.

    

Janet cobra 80 dólares por hora (cerca de 68€/R$300), passando entre 13 a 20 horas por semana abraçada a homens. Já chegou a ganhar U$ 17 mil, ou seja, cerca de 14500€/R$ 65 500 em apenas quatro meses.

Apesar desta sua incomum profissão, Janet namora com Carlos, que sempre a apoiou quer no seu emprego, quer com as suas escolhas pessoais. 

Antes de se encontrar com os clientes pessoalmente, a mulher fala bastante com eles ao telefone de forma a tentar perceber o que eles precisam. O encontro pessoal realiza-se no seu estúdio, onde Janet tem diversos locais preparados para poderem explorar a melhor posição para dar carinho, desde um sofá, um colchão e até um tapete de ioga no chão. 

Ainda não encontraste a tua vocação profissional? Então se calhar este é o teu futuro 😂

Fonte: Daily Mail

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS