Junior Silva é um menino de apenas 12 anos que tem inspirado o Mundo com as suas aulas de crochê.

Vítima de inúmeras críticas e preconceito por parte de pessoas que acham que o crochê “não é para meninos”, Junior acabou por ficar sem a sua página do Facebook onde partilhava os seus vídeos e dicas a mais de 50 mil seguidores, denunciada pelo facto de, segundo os termos legais, apenas pessoas com mais de 13 anos podem administrar páginas no Facebook.

Entretanto, uma nova página controlada pela sua mãe, Denise Vieira, de 32 anos, foi criada e já conta com mais de 380 mil seguidores.

Para muitas pessoas pode parecer estranho, mas a verdade é que Junior faz crochê mesmo por gosto. De acordo com a mãe, tudo começou quando este viu a sua avó e tia a trabalhar com agulhas, pedindo-lhes que o ensinassem. Desde então, o interesse tem aumentado cada vez mais e hoje em dia partilha o seu conhecimento com que estiver disponível para aprender, através dos seus vídeos publicados quer na sua página, quer no Youtube. Vídeos esses feitos com o seu próprio telemóvel, que Junior produz, edita as gravações, publica na página e escreve as legendas.

Como deves imaginar, muitos são os comentários menos agradáveis que Junior recebe de pessoas a dizerem que ele deveria brincar com outras coisas, e não com o crochê, que é algo típico de meninas. Contudo, este sempre soube lidar bem com as criticas e chegou mesmo a publicar uma foto a “desafiar” o actor Rodrigo Hilbert, também conhecido por fazer tudo o que é típico das mulheres – desde cozinhar, arrumar a casa, e vê só, fazer crochê – a conseguir fazer crochê mais rápido que ele.

Sem dúvida uma grande inspiração para todos aqueles meninos que gostam de fazer coisas “tipicamente” femininas, mas que sentem vergonha ou receio de serem julgados.

Fonte: Estadão

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS