Karen Mejía, do México, foi notícia quando impôs um castigo muito particular à sua filha. A ideia era que a filha aprendesse a valorizar o trabalho que mãe fazia para lhe conseguir dar algumas condições de vida.

Dizem que ninguém sabe melhor do que uma mãe, o que um filho ou filha precisam. Por ser ela quem os trouxe ao mundo, assim como aquela que mais tempo passou ao seu lado, a sabedoria popular diz-nos que é essa pessoa que deve ter o veredicto final sobre as decisões importantes na vida.

Mas, às vezes, essas decisões podem gerar muita controvérsia. Principalmente quando estamos a falar sobre a maneira como uma mãe decide dar uma lição à filha.

 

Criou-se assim uma polémica em torno da maneira como uma mãe mexicana chamada Karen Mejía, decidiu que mostraria à sua filha como fornecia todas as coisas de que precisava em casa. O método deve ter sido muito eficaz para colocar uma lição na cabeça da sua filha, mas quando ela postouno seu Facebook, algumas pessoas acharam que ela estava a ser dura demais.

O que Karen fez foi escrever uma placa para a filha pendurar no pescoço e mandou-a para a rua para ganhar a vida.

Isso não poderia ter sido mais literal, considerando que a missão da menina era vender doces. A punição foi dura, considerando que, de acordo com os registros da época (isto aconteceu em 2018), naquele dia estava muito quente no México. Da mesma forma, a sua mãe forçou a menina a usar uma combinação de roupa não muito lisonjeira. O motivo da punição foi que a menina seria um tanto indigna da vida que sua mãe lhe dera.

O objectivo era que a menina aprendesse a valorizar o esforço do trabalho da sua mãe, tudo aconteceu porque isso seria um desrespeito à mãe e ao esforço que ela fez para conseguir tudo o que tinha. Visto desta forma, faz sentido que a menina saiba por si mesma o que é ter que ganhar a vida.

VÊ TAMBÉM