A recente onda de incêndios na floresta amazónica deixou o mundo todo tenso. Muitas pessoas estão preocupadas com os efeitos que isso terá em todo o planeta, uma vez que são considerados os “pulmões da Terra”. Uma dessas pessoas que manifestou estar “profundamente preocupada” é a estrela de Hollywood Leonardo DiCaprio, razão pela qual sua organização ambiental está doando US $ 5 milhões para ajudar a floresta amazónica.

Em um post no Instagram, DiCaprio disse:

“Estou profundamente preocupado com a crise em curso na Amazónia, que destaca o delicado equilíbrio entre clima, biodiversidade e bem-estar dos povos indígenas.”

A organização, chamada Earth Alliance, dará o dinheiro a grupos locais e comunidades indígenas para facilitar seus esforços enquanto trabalham para proteger a Amazônia. A Earth Alliance foi fundada por Leo e dois outros filantropos, bilionários Laurene Powell Jobs e Brian Sheth, este ano com o objetivo de proteger a vida selvagem, pressionar pela justiça climática e garantir os direitos indígenas. As organizações que recebem o dinheiro são o Instituto Associação Floresta Protegida (Kayapo), Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB), Instituto Kabu (Kayapo), Instituto Raoni (Kayapo) e Instituto Socioambiental (ISA).

A Earth Alliance, disse:

“Esses fundos serão distribuídos diretamente aos parceiros locais e às comunidades indígenas que protegem a Amazónia, a incrível diversidade de vida selvagem que vive lá e a saúde do planeta em geral.”

Houve mais de 72.000 incêndios na floresta amazónica este ano, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais no Brasil. São 32.000 a mais do que no mesmo ponto do ano passado. Will Grant, da BBC, descreve a visão da devastação vinda de cima como “perturbadora”.

Uma declaração no site da Earth Alliance diz:

“A destruição da floresta amazónica está liberando rapidamente dióxido de carbono na atmosfera, destruindo um ecossistema que absorve milhões de toneladas de emissões de carbono todos os anos e é uma das melhores defesas do planeta contra a crise climática.”

Há alegações de que o aumento dramático dos incêndios florestais se deve a um aumento do desmatamento deliberado na pecuária. Muitos críticos estão acusando o presidente brasileiro Jair Bolsonaro de incentivar a destruição da Amazônia por falta de ação em questões ambientais. Ele contesta essas acusações dizendo que as organizações não-governamentais (ONGs) – como instituições de caridade – podem ser responsáveis ​​por iniciar o número recorde de incêndios.

Uma iniciativa da Earth Alliance,, chamada Fundo Florestal da Amazônia, foi criada para arrecadar dinheiro para a proteção dessa área específica. DiCaprio insistiu que o público se envolvesse e apoiasse a crise também. Ele vinculou maneiras pelas quais as pessoas podem fazer doações para essa iniciativa.

DiCaprio anunciou o pacote de ajuda no Instagram e disse:

“Os pulmões da Terra estão em chamas. A Amazônia brasileira – lar de 1 milhão de indígenas e 3 milhões de espécies – queima há mais de duas semanas seguidas.”

No entanto, a super estrela não é a única a pedir ajuda e a ajudar; existem outras pessoas em todo o mundo que também organizam dinheiro e esforços. Por exemplo, os líderes internacionais na cúpula do G7 em Biarritz, França, chegaram a um acordo sobre ajuda internacional para a crise, comprometendo US $ 20 milhões para combater os incêndios, e o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse que a Grã-Bretanha forneceria 10 milhões de libras (12 milhões de dólares) para proteger a floresta amazónica.

Até agora, Bolsonaro rejeitou os US $ 20 milhões e não o aceitará até que o presidente francês Emmanuel Macron se desculpe por “insultar” depois que Macron o chamou de rude e criticou a negação de Bolsonaro sobre a extensão do desmatamento, conforme relatado pelo próprio Instituto de Pesquisas Espaciais do Brasil. (INPE) que rastreiam o desmatamento.

Infelizmente, os dois egos podem ser grandes demais para colocar a Amazónia em primeiro lugar. Felizmente, pessoas como Leonardo DiCaprio estão a fazer o possível para ajudar.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM




COMENTÁRIOS