A pandemia de coronavírus continua a avançar, deixando inúmeras imagens dolorosas em todo o mundo.

Desta vez, aconteceu na Cisjordânia.

Um jovem palestino subiu à janela do hospital para ver a sua mãe antes que ela morresse por causas relacionadas ao coronavírus.

Jihad Al-Suwaiti tem 30 anos. Numa fotografia viral, ele é visto agachado enquanto olha pela janela do Hospital Estadual Hebron, na Cisjordânia.

A sua mãe, Rasmi Suwati, tinha 73 anos e estava em estado grave. Ele estava a passar por um isolamento rigoroso na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital.

Jihad conversou com o jornal local Arab Post e disse: “Fiquei indefeso atrás da janela da enfermaria da terapia intensiva, a assistir ao último momento da minha mãe”.

E ele confirmou que logo após isso, a mãe dele faleceu na “quinta à noite”.

“Quando tentei entrar para vê-la, não me permitiram, então subi e fui até a janela do quarto dela e vi-a do lado de fora até que ela respirasse pela última vez. Senti a maior incapacidade de fazer qualquer coisa para salvá-la”, disse o jovem desolado.

A imagem de Jihan foi replicada pelos mídia de vários países ao redor do mundo, e eles até fizeram desenhos animados que imortalizaram outra das tristes histórias que ocorrem durante a pandemia.

Que Deus dê força a todos aqueles que estão a perder entes queridos e que proteja todos aqueles que são mais frágeis.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS