Mais de 100 mil casos foram registados internacionalmente com coronavírus. Uma doença que foi recentemente declarada uma pandemia pela Organização Mundial da Saúde e que assustou todos significativamente.

Já se passaram mais de dois meses desde o início da disseminação deste vírus, que se originou em Wuhan, China, durante o mês de Dezembro, e que já tirou a vida a mais de 4.300 pessoas.

Apesar de ser uma doença delicada que se espalhou pelo mundo em tempo recorde, existem milhares de pessoas que foram curadas após serem diagnosticadas com coronavírus, uma delas é Zhang Guanfgen, que tem 103 anos e recebeu alta de Wuhan, China.

Uma recuperação milagrosa

Zhang Guanfgen ficou em quarentena por seis dias após apresentar sintomas de coronavírus. Ao chegar ao hospital, a paciente estava em estado crítico e mal conseguia comunicar com os médicos.

Gradualmente, Zhang recuperou após receber 24 horas de atendimento médico e sessões de terapia nutricional. Isso foi confirmado pela enfermeira Liao Zhenhui ao Daily Mail.

“A idosa adorou que as enfermeiras a parabenizassem … Ela sorria sempre que lhe chamavam bonita”, disse Liao.

Felizmente, Zhang conseguiu recuperar completamente e nesta semana teve alta, para terminar a sua recuperação em casa, sempre sob um exame médico.

Não é o primeiro caso de idoso recuperado

As notícias sobre a mulher asiática de 103 anos de idade impactaram o mundo devido à eficiência da sua recuperação. No entanto, este não é o único caso que existe em adultos mais velhos, uma vez que um homem chinês de 101 anos também recebeu alta após ser diagnosticado com coronavírus.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS