Os cachorros são dos animais mais adorados pelo ser humano, sendo mesmo considerados o “melhor-amigo do Homem”. Contudo, existem pessoas maldosas e cruéis que são capazes de fazerem as coisas mais atrozes que possas imaginar a estes pobres animais, que a única coisa que pedem é amor e carinho.

Um homem de 32 anos foi condenado apenas a 21 dias de prisão após ter mordido, batido e pontapeado um cachorro de raça dachshund, mais conhecido por “salsicha”, acabando por o abandonar à morte.

O homem acabou mesmo por confessar num tribunal do distrito de Bergen, explicando que abusou violentamente do cão entre junho e outubro de 2015, inclusive com a ajuda de alguns dos seus amigos.

O tribunal acabou por declarar que os vários homens espancavam ocasionalmente o pequeno cachorro “de uma maneira que era ao mesmo tempo dolorosa e ofensiva para o cão”, acreditando que o pobre animal certamente gania de dor e tentaria fugir do abuso. Em determinado momento, o cachorro sofreu de dores de longa duração nas costelas, como resultado dos maus-tratos.

“Devido à confissão sem reservas, a sentença de prisão é condicional, mas com um período probatório de dois anos”, de acordo com o jornal tv2.no.

Além disso, o homem de 32 anos também foi proibido de ter um cachorro por cinco anos.

O tribunal mostra, em particular, que neste caso fala-se de violência bruta relativamente longa e negligência do mesmo cachorrinho, e que as vítimas também explicaram falhas anteriores – e em parte extensas – em equipes de cães, escreveu o tribunal no julgamento“, afirmou o tv2.no.

Na minha opinião, ele não só não devia voltar a puder ter animais – tipo, NUNCA MAIS – como devia ficar enclausurado o resto da sua vida por todo o sofrimento que causou ao pequeno e indefeso animal 😡 e tu? O que achas?

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS