Christopher Catrambone é um norte-americano de 30 anos que tem mudado a vida de milhares de pessoas que fogem dos seus países com a esperança de encontrar uma vida melhor do outro lado do oceano.

Após se ter deparado frente-a-frente com a realidade dos refugiados numa das viagens que fez com a sua esposa no mar Mediterrâneo, nos entornos na ilha de Malta, Christopher decidiu que não havia melhor forma de utilizar a sua fortuna avaliada em mais de 10 milhões de dólares do que numa organização não-governamental ao qual deu o nome de  MOAS (Migrant Offshore Aid Station) que oferece resgate e cuidados aos refugiados que saem da África e do Oriente Médio todos os anos rumo à Europa, evitando que se afoguem e morram, como já aconteceu com tantos outros milhares.

Para este serviço, Christopher comprou um antigo navio da marinha norte-americana, barcos infláveis e drones que, juntamente com uma tripulação voluntária que conta com especialistas em segurança e médicos, já salvaram cerca de 3 mil vidas apenas nos primeiros meses.

Todo o seu processo é bastante eficaz sendo que, após o navio ser informado da presença de embarcações clandestinas, os drones são enviados a fim de verificar a situação. De seguida são enviados barcos infláveis com garrafas de água e coletes salva vidas até o local em questão de forma a manter os refugiados hidratados e em segurança, até por fim serem abrigados no navio, onde são examinados por voluntários dos Médicos Sem Fronteiras e de seguida entregues às autoridades governamentais, que autorizam a sua entrada no país.

Sem dúvida um excelente exemplo de altruísmo que devia servir de inspiração para todos nós enquanto humanos!

Este é um vídeo onde mostra o trabalho fantástico da MOAS que, como é óbvio, aceita doações para que possa continuar a ajudar o maior número de pessoas possível. Se quiseres ajudar, podes saber mais aqui!

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS