O futebol é um desporto bastante competitivo, não só entre as próprias equipas como até entre os adeptos, que vêem muitos jogadores como os seus ídolos. Contudo, há quem exagere no amor que têm por certos jogadores, chegando mesmo ao ponto de acabar com o próprio casamento.

Foi o caso de um homem russo, Arsen, que pediu o divórcio depois de ter uma grande discussão com a esposa, Lyudmila, com quem estava casado há 14 anos e que prefere o Cristiano Ronaldo a Messi.

“(…)¬†Lyudmila insistia que Cristiano era muito melhor do que Messi (…)”

A gota de água deu-se após a vitória da Argentina sobre a Nigéria, quando a Lyudmila insistia que Cristiano era muito melhor do que Messi, enquanto o Arsen queria apenas festejar.

Segundo este, “desde o in√≠cio da Copa do Mundo, ela gozou de Messi e disse que ele n√£o conseguia sequer marcar uma penalidade contra a Isl√Ęndia.¬†N√£o me consegui conter e disse-lhe o que pensava sobre o vaidoso Ronaldo, a sele√ß√£o nacional portuguesa e todos os clubes que ela gosta.”

O homem saiu imediatamente de casa e no dia seguinte entrou com o pedido de divórcio.

O que achas? Um pouco exagerado da sua parte, ou no seu lugar fazias o mesmo?

Fonte: R7

Partilhar é cuidar!

V√ä TAMB√ČM



COMENT√ĀRIOS