Richard é um homem de 40 anos que, sendo homossexual, sempre foi alvo de discriminação e comentários menos agradável. Contudo, em 2003, decidiu tomar uma das maiores e melhores decisões da sua vida: adoptar o pequeno Jonathan, de apenas 5 anos.

Educando-o da melhor maneira possível, como todo o amor e carinho que este merece, ao atingir a maioridade, Jonathan decidiu seguir a vida militar e juntou-se ao exército.

Ao fim de algum tempo, o jovem partilhou com o pai que gostaria de fazer uma tatuagem, mas este, como a maioria dos pais, não gostou muito da ideia e fez questão de lhe dizer:  “Não te atrevas!!”

Como deves imaginar, isso não o demoveu da ideia e passado algumas semanas Jonathan enviou uma nova mensagem ao pai a dizer que já tinha feito a tatuagem! Richard ficou tão fulo que nem queria acreditar que o filho tinha ido contra o que este havia dito.

Contudo, a sua opinião mudou quando este lhe revelou o significado da mesma.

Na realidade, a tatuagem era uma data em numeração romana. Mas atenção, não era uma data qualquer, mas sim a data da sua adopção. Algo que Richard achava que o seu filho já havia esquecido. Mas não podia estar mais enganado.

Jonathan acabou por partilhar uma foto da sua primeira tatuagem nas redes sociais e escreveu na legenda: “Fiz minha primeira tattoo! Esta data é o dia em que minha vida mudou. Este é o dia em que o meu pai me adotou. O melhor dia da minha vida. Saber que, pelo resto da minha vida, eu teria uma família que me ama.”

Assim que Richard viu, não se conseguiu conter, e as lágrimas começaram a correr no seu rosto.

Sem dúvida uma grande prova de amor que mostra a todo o Mundo que pessoas homossexuais também são capazes de amar e dar uma excelente educação a uma criança!

Fonte: Gays with kids

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS