Eu pareço arrogante porque me defendo. Eu não fico quieta quando alguém me trai. Eu cortarei outros do meu mundo sem me sentir culpada quando ultrapassarem os limites, porque eu tenho respeito por mim mesma. Eu tenho altos padrões e altas expectativas. Eu não sou do tipo de me conformar.

Eu pareço arrogante porque a minha “polidez” é algo que tens que ganhar de mim. Se me olhares de forma desagradável e falares mal comigo, eu vou fazer o mesmo. Eu não tenho energia para fingir sorrisos ao redor de pessoas que claramente não valorizam a minha existência. Não vou fingir gostar de ti para ficares mais confortável, especialmente quando já me deixaste desconfortável.

Eu pareço arrogante porque a minha quietude pode parecer snobe e meu volume pode parecer convencido. É fácil julgares-me mal quando não sabes nada sobre mim. É fácil supor que o meu sarcasmo é genuíno e que é verdade quando eu digo que não liga a mínima para o que alguém pensa de mim.

“Eu tento manter a minha distância para evitar uma potencial dor.”

A verdade que só as pessoas mais próximas de mim aprenderam é que eu não sou uma pessoa sem coração. Eu sou secretamente sensível. Eu fico com os meus sentimentos feridos facilmente, e é por isso que eu mantenho a minha guarda ao redor de pessoas que mal conheço. Eu tento manter a minha distância para evitar uma potencial dor.

Se realmente me conheceres (e me tratares com gentileza), então verás o meu coração mole. Eu poderia parecer tão intensa no começo, mas tenho a mente aberta e compreensão. Eu sou o tipo de pessoa que vai ouvir-te desabafar por horas e vai tentar dar-te conselhos, mas nunca te vai fazer sentir estúpida ou insegura sobre os erros que cometeste.

Eu posso parecer egoísta, mas houve momentos em que sacrifiquei o meu tempo e dinheiro para ajudar alguém em necessidade. Houve momentos em que me coloquei por último porque estava ocupada a colocar todos os outros em primeiro lugar. Eu odeio a maioria das pessoas – mas eu faria tudo por certas pessoas.

“Ainda há noites em que eu sonho com elas e acordo com lágrimas no meu rosto.”

Eu posso parecer fria porque há amigos e membros da família com quem não me associo mais, mas o que não sabes é que eu dei dezenas de chances antes de tomar a minha decisão final e ir embora para sempre. Embora eu afirme que nunca mais penso nessas pessoas, que sou mais feliz sem a sua toxicidade, ainda há uma parte de mim que sente falta delas. Ainda há noites em que eu sonho com elas e acordo com lágrimas no meu rosto.

Eu posso parecer arrogante, mas agir como se eu não ligasse a mínima para ninguém é o jeito que eu sobrevivo. Eu finjo que nada me pode magoar. Eu finjo que sou mais forte do que me sinto. Mas se me conheceres, perceberás que a minha atitude egoísta é apenas um ato. Eu tenho um coração mole. Eu só não gosto de expor isso.

Traduzido e adaptado pela equipa de Inspiring Life / Sábias Palavras

Fonte: Thought Catalog

Autora: Holly Riordan

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS