Ela é o tipo de mulher que não vais gostar à primeira. Alguém que vai tentar muito e estar sempre disponível. O tipo de mulher que é fácil de ler porque é honesta, direta e sincera. Não vai parecer muito quando tiveres o seu tempo e atenção, porque ela dá-te isso com tanta facilidade.

Ela é o tipo de mulher com quem não vais ficar muito animado porque nunca lhe vais estar a perguntar sobre como ela se sente. Ela é quem responde rapidamente. Inicia planos. Convida-te para todos os lugares. Tenta demais.

E a princípio, vais perceber que ela é diferente. Que ela merece ser tratada com o mesmo respeito que tu ainda não ganhaste, mas que ela te dá de graça.

No começo, vais tratá-la bem.

E, em troca, ela vai tratar-te melhor e esforçar-se mais e continuar a dar como se parecesse fácil. Porque para ela, é. Ela naturalmente pensa nos outros antes de si mesma e é admirável.

Então, de repente, esta qualidade que admiras e respeitas, vais dar como certa. As chamadas que costumavas atender, as mensagens que respondias tão rapidamente, de repente, há uma mudança em ti. De repente, descobriste-a e, sim, ela é diferente, mas ela é tão fácil de ler, sabes o que ela vai fazer e o que ela vai dizer antes mesmo que ela diga.

Ela é simpática. Ela importa-se. Ela não tem medo de mostrar isso.

E então de repente tu tornas-te como todos os outros. Mesmo que tenhas jurado que nunca a irias tratar tão mal quanto os outros, tu começaste a fazê-lo. Percebes que independentemente da forma como a tratas, ela não reage a isso. Ela continua a ser exatamente quem ela é. E esse é um tipo diferente de desafio para ti. Porque parte de ti quer testá-la e chegar até ela. Então tentas fazê-lo e agora estás a jogar e a mexer com a cabeça dela e a ser um idiota completo, porque queres ver o quanto podes empurrá-la até que ela quebre.

Ela não é ingénua e não é burra. Ela sabe exatamente o que estás a fazer. E mesmo que ela goste de ti, até esse tipo de mulher chega a um ponto em que se cansa de tentar tanto. Ela vai desaparecer da tua vida um pouco devagar. Então, quando pensas nela, percebes que não falam há algum tempo. Mas quando a alcanças e ela responde de novo rapidamente, há uma mudança lá.

De repente, ela não se importa em manter a conversa.

De repente ela pára de tentar e investir emoções e esforço em ti. Ela pára de sair do seu caminho. Ela deixa de te convidar para todo o lugar. Porque mesmo mulheres como ela percebem que algumas pessoas não valem a pena.

Então essa mulher com quem falas todos os dias, lentamente se torna essa estranha. E a conversa é cordial, mas desajeitada.

Então tu apercebeste, tu estás na mesma sala que ela e ela se sente como uma estranha. Sentes a falta dela, mesmo estando tão perto de ti, mas emocionalmente distante.

Ela foi-se, mas assombra-te de perto.

Então começas a sentir a falta dela.

Tu vais olhar para trás e perceber que não a apreciaste ou valorizaste como ela merecia. Porque apesar de teres mostrado o teu lado mau, percebes que ela sempre viu o bem.

Vais olhar para todas as mentiras e desculpas que já contaste e percebes o quanto ela é compreensiva e tolerante com as tuas tretas.

Vais olhar para trás e perceber que ela provavelmente merecia tantos arrependimentos, mas ela nunca pediu nem se importou.

Verás tudo o que ela já fez por ti e perceberás que não investiste nem metade desse esforço nela.

Verás quantas vezes disseste que não, mas quando lhe pedias que ela estivesse em algum lugar ou fizesse alguma coisa, ela sempre dizia sim e estava lá.

Vais olhar para trás e perceber que ela realmente te amou incondicionalmente e te apoiou em tudo o que fizeste.

Vais olhar para trás e perceber o que fizeste, mas mesmo assim ela ainda saia a usar o seu coração na manga amando-te quando tudo o que lhes deste foi motivos para não o fazer.

Vais olhar para trás e perceber que ela tentou provar que te merecia você, quando ela é a que merece melhor.

E mesmo que demore um pouco para te superar porque vai, ela irá amar novamente. E vai ser uma pessoa que percebe o que tem quando tem, não alguém que tem que perdê-la para perceber o seu valor.

Irás vê-los juntos e verás o quão ele lhe faz feliz e irás lembrar-te de quando costumavas ser tu a ter todo o seu tempo, atenção e coração. O seu sorriso é maior. Ela estará a rir mais. Ela irá segurará a mão dele com mais força quando estiveres por perto. Porque a verdade é que ela te amava e se importava contigo e fazia tudo o que deveria e ainda não era suficiente.

Terás momentos superados com ciúmes que nem tens o direito de sentir, porque poderias ter sido tu. Deverias ter sido tu. Mas ela não podia continuar à espera que percebesses o que ela sabia o tempo todo.

Ela irá mover-se porque precisa.

E ela vai ficar feliz porque ela merece. E ela vai apaixonar-se porque, finalmente, aquele amor que ela te deu tão descuidadamente finalmente voltou para ela.

Fonte: Thought Catalog

Autora: Kirsten Corley

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM




COMENTÁRIOS