Sylvester Stallone é um actor mundialmente conhecido, principalmente pelo seu papel como Rocky, mas o que muitos não sabem é que foi o próprio Sylvester Stallone que escreveu o guião do filme numa altura muito má da sua vida, e quando o quis vender a única exigência que teve foi ser ele o protagonista.

Apesar do estúdio ter inicialmente recusado a sua exigência, chegando mesmo a ter oferecido 350.000 dólares apenas pelo guião, ao que ele recusou, pois tinha mesmo que entrar como personagem principal, acabaram por concordar em lhe pagar 35 000 dólares e aceitar que ele estreasse o filme, resultado num enorme sucesso de bilheteira.

Mas durante este seu período mais conturbado da sua vida houve quem nunca o abandonasse – o seu cachorro Butkus, com quem passava 24 horas da sua vida e, segundo Sylvester, foi a mente por detrás de Rocky ?

Recentemente, o actor decidiu partilhar uma foto sua na sua página de Instagram com o animal ainda cachorrinho com um lindo texto como forma de homenagem que acabou por viralizar, emocionando corações por todo o Mundo:

“1971 … Uma vez que estamos no assunto do “melhor amigo do homem”, sou eu e Butkus como cachorrinho, nós dois, magros, com fome e a viver num apartamento acima de uma estação de metre, eu costumava dizer que este apartamento tinha “… baratas a correr, quentes e frias” de qualquer forma, não havia muito a fazer, exceto passar tempo um com o outro e foi aí que eu comecei a aprender a arte do guionismo. Uma vez que eu nunca saia, confiei na sua companhia, e na verdade foi ideia sua escrever Rocky, mas não contem a ninguém … Anos mais tarde, quando as coisas pioraram, tive que vendê-lo por US $ 40 na frente de uma loja de 7-Eleven, porque eu não podia pagar comida, e foi então, como que um milagre do dia moderno, o roteiro de Rocky foi vendido e eu pude comprar ele de volta, mas o novo proprietário sabia que eu estava desesperado e cobrou-me US $ 15.000 … Ele valeu a pena cada centavo!”

Uma linda prova de amor e amizade entre Sylvester Stallone e o seu cachorro! ❤️

VÊ TAMBÉM