Muitas crianças nascem com doenças que lhes limitam a infância. Contudo, para a sua maioria, isso não é impedimento para que possam usufruir de uma vida plena e feliz, rodeada de amigos que os ajudam a conseguirem aproveitar o que a infância tem de melhor: as brincadeiras.

É o caso de um pequeno menino, Ignacio Maujo, de apenas 8 anos, que sofreu uma paralisia cerebral, impedindo-o de andar sozinho. Desta forma, este foi obrigado a começar a andar com a ajuda de uma bengala. Mas se achas que isso foi motivo para este baixar os braços e desistir de recuperar, estás muito enganada(o). A criança não desistiu da missão de andar de novo por conta própria e um certo dia acabou mesmo por surpreender todos na escola, inclusive a sua mãe.

Incentivado pelos seus colegas e amigos que começaram a gritar “Indo sozinho, andando sozinho!”, uma certa manhã, Ignacio decidiu fazer algo que iria mudar por completo a sua vida.

Apoiado apenas pela sua bengala, o menino larga-a e começa a caminhar em direcção à mãe, que se encontrava bastante emocionada à sua frente, de braços estendidos.

Ao dar pequenos passos até alcançar os braços da mãe, Ignacio provocou a emoção e a alegria de toda a classe, e claro, da sua mãe, que o abraçou com força e o beijou como sinal de orgulho por um momento tão importante na sua vida.

Apesar de terem sido passos muito curtos, estes sem dúvida, representam um avanço gigantesco para este menino e para a sua condição.

Um momento tão emocionante que é impossível não chorares 😢❤️

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS