É impressionante como ainda nos dias de hoje existem tantas pessoas de raça negra a serem alvo de racismo pura e simplesmente pelo seu tom de pele; e que o diga James Conley III, um jovem negro de 29 anos, que ao sair de uma loja onde havia entrado para comprar algumas camisolas, foi acusado de querer roubar o casaco que tinha vestido que, por acaso, a loja também tinha à venda!

Esta situação passou-se numa loja da Old Navy em West Des Moines, Iowa, EUA e acabou por se tornar viral após James publicar na sua página do Facebook diversos vídeos onde relata tudo o que se passou, mostrando os funcionários e a sua falta de profissionalismo.

De acordo com James, após estes o acusarem de estar a querer roubar, começou a rir, achando ser uma piada – de muito mau gosto, digamos! -, no entanto, eles acabaram mesmo por o obrigar a despir o casaco para que pudessem confirmar no sistema se se tratava de um artigo da loja, justificando que eles devem sempre verificar a roupa dos clientes sempre que alguém usa roupas Old Navy para garantir que foi adquirida anteriormente.

Mesmo após James explicar que já tinha entrado com o casaco vestido, os empregados não acreditaram na sua palavra e insistiam que este tinha de pagar pelo mesmo. No entanto James manteve a sua palavra e recusou pagar novamente por um artigo que já tinha comprado, exigindo aos funcionários que verificassem as câmaras de vigilância e assim confirmassem o que ele lhes tinha dito!

Escusado será dizer que a história de James confirmou-se e ele de facto já tinha entrado na loja com o casaco vestido. No entanto, nenhum dos empregados, incluindo a própria gerente, se dignou a pedir desculpa ao homem pela situação, continuando a sua atitude arrogante e desrespeitosa.

Esta é a publicação de James onde poderás ver todos os vídeos que este publicou:

Today I was racially profiled by the Old Navy store in West Des Moines, Iowa in Jordan creek. I was accused that I didn'…

Publicado por James Conley III em Terça-feira, 30 de janeiro de 2018

A publicação de James tornou-se de tal forma viral, que a própria empresa emitiu um comunicado oficial na sua página do Facebook a pedir desculpas a James pelo comportamento inapropriado dos três empregados, que viola as suas políticas e valores, informando que os mesmos haviam sido despedidos após uma investigação interna relativamente à situação em questão.

Earlier this week an Old Navy customer, James Conley III, had an unacceptable experience in our Jordan Creek, Iowa…

Publicado por Old Navy em Sábado, 3 de fevereiro de 2018

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS