Se no passado as pessoas se rendiam aos gestos e à linguagem universal dos amantes do amor, hoje em dia é a tecnologia que está a favor de qualquer um disposto a se apaixonar, independente dos possíveis problemas linguísticos que possam aparecer.

Essa é história da britânica Chloe Smith, de 23 anos, e do italiano Daniele Marisco, de 25, que resolveram passar férias na paradisíaca Ibiza, na Espanha. É normal se você pensar que Ibiza é um lugar de muitos hormônios e relações que não duram mais do que uma noite, você não está errado (a). Chloe e Daniele se conheceram em uma balada, mas a atração foi tamanha que eles não quiseram ter apenas uma noite para se lembrar.

O grande problema é que Daniele não falava inglês, enquanto Chloe não entendia nada de italiano. Se para muitos isso seria um empecilho crítico e que esfriaria a relação, para eles foi só mais uma pedra para solidificar o castelo do amor de ambos. Com a ajuda do Google Tradutor, ambos foram conseguindo se comunicar e, inclusive, aprenderam ao menos o básico do idioma um do outro.

Chloe e Daniele: amor que deu certo

“Havia algo de empolgante em Daniele, e o fato de a gente não conseguir se entender não foi encarado como um problema”, explica Chloe. Uma semana depois de se conhecerem, ambos foram juntos para Barcelona para fortalecer ainda mais o relacionamento que acabaram de começar. O turnê pela Espanha continuou e ambos voltaram para suas casas, mas a relação continuou online até que eles resolveram morar juntos.

A escolha foi por Nápoles, a cidade italiana em que Daniele morava com seus pais. Os sogros receberam Chloe de braços abertos, e esse foi o ingrediente que faltava para ambos não precisarem mais das conversas via Google Tradutor e de fato investirem no aprimoramento dos idiomas de cada um.

Hoje em dia, a maior parte da conversa dos dois é em inglês, mas Chloe está melhorando seu italiano para que esse seja realmente um relacionamento bilíngue.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM




COMENTÁRIOS