Maltratar um animal nem sempre implica agressão física. Por vezes, os seres humanos fazem certas coisas maldosas aos animais que provocam tantos ou mais danos que um pontapé ou uma palmada.

Foi o caso de uma cadela que foi completamente pintada de vermelho e vendida a um homem que simplesmente “gostava da cor”.

Felizmente, um grupo de activistas deparou-se com a pequena a passear numa rua com o homem que vivia num campo de refugiados em Schimatari, Grécia e rapidamente alertou um centro de resgate animal que tratou de ir buscar a ir buscar, limpá-la e procurar-lhe uma nova família.

Segundo o homem, este pagou ao ex-dono da cadelinha cerca de US $175 pelo animal porque gostava da cor – que fazia com que a pequena se parecesse muito com o livro infantil e com o personagem de TV Clifford, o Grande Cachorro Vermelho.

Apesar de preocupados que a tinta pudesse ter provocado feridas ao animal, os veterinários que o trataram acabaram por confirmar que a tinta era própria para cabelos e que a pequena não tinha qualquer dano, pelo menos físico.

Após algum tempo no centro, a cadelinha, que acabou por ser batizado de Scarlet, conseguiu arranjar finalmente uma família que a trata com bastante amor e carinho, tal como ela merece.

No vídeo abaixo poderás ver melhor o estado da pequena:

Fonte: Daily Mail

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS