Os cachorros são os animais mais sociáveis que existem à face da Terra. Contudo, nem todos os animais partilham da mesma vontade de fazer novas amizades, e que o diga um cachorro de raça São Bernardo chamado Ruckus, que acabou por sofrer na pele – ou neste caso, no focinho – a fúria de um porco-espinho.

No seu mais recente encontro com um porco-espinho, ele acabou por receber mais de 30.000 espinhos dolorosos embutidos no seu rosto quando o pequeno ativou o seu mecanismo de defesa natural.

O mais estranho é que Ruckus parece não aprender, já que não é a primeira vez que é ferido por porco-espinhos. Na realidade, eu acho que ele ainda tem esperança de conseguir fazer amizade com um deles 😂

Quem não achou muita graça foram os donos que, mais uma vez, ao vê-lo cheio de espinhos no focinho, correram de imediato para um abrigo de animais em Nova Iorque para o veterinário puder retirar os mesmos.

Ruckus chegou a Lollypop Farm com o rosto cheio de espinhos de porco-espinho, e não era a primeira vez. Ele foi-nos entregue para que pudesse receber tratamento e remover todos os espinhos que estavam enterrados nas suas papadas, rosto e dentro da sua boca“, disse um porta-voz do abrigo.

O estado do animal não foi surpresa para a equipa médica, já que Ruckus gosta de correr atrás de porcos-espinhos e, por isso, é frequente a sua visita ao médico para retirar espinhos do seu focinho.

Sem dúvida o que aconteceu com Ruckus mostra-nos o quão fantásticos são os cães que simplesmente querem compartilhar o seu melhor com os outros. Eles irão sempre procurar a quem dar a sua amizade incondicional, não importa o quão perigoso ou doloroso possa ser.

Fonte: Zoorprendente

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS