Nós tendemos a acreditar que cães e gatos nunca se dão bem, mas eles dão-nos ótimas lições e é que, independentemente da raça, eles geralmente se ajudam quando mais precisam. É o caso de Terra, uma gatinha de rua que passou pela casa Archer, um cachorro que se apaixonou por ela.

Archer decidiu adotar esta gata que começou a mostrar sintomas de gravidez e aumentaram os cuidados e mimos.

O tempo passou rápido e Terra deu à luz sete lindos gatinhos pelos quais Archer também se apaixonou e decidiu que iria cuidar deles dia e noite. Basicamente, é como se fosse o seu pai, cuida da sua comida e ajuda na criação.

Terra não tem problema e deixa Archer brincar com os gatinhos o tempo todo, basicamente ela sabe que eles estão em boas mãos (ou melhor patas) porque ele não os perde de vista por um segundo. Podemos dizer que Archer é seu guarda-costas e leva-os onde eles precisam.

O seu tamanho grande não é um problema para eles dormirem juntos dentro de uma caixa, pelo contrário, ficam muito felizes dormindo dentro de uma caixa pequena.

Quando eles olham para todos juntos, Reina, a dona da casa fica surpresa como juntos eles são tão felizes, não importa a espécie.

Cães e gatos partilham cada momento como se fossem uma família real, Archer é ainda mais pai do que o biológico.

É uma história que nos ensina que o amor é mais forte do que qualquer diferença marcante: cães e gatos não se odeiam. São estigmas do passado que já devem ser esquecidos, todos podemos amar e não importa o que ou quem.

Graças ao carinho de Archer, os gatinhos cresceram muito fortes e são uma grande família, que deixaram as diferenças para trás e se dedicaram a ser felizes.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM




COMENTÁRIOS