O amor de mãe é talvez aquele mais puro que existe no mundo. A eterna preocupação das mães, quer o seu filho tenha 5, 10, 20, 30 anos será sempre igual. Podemos ver isto por duas prospectivas, a parte em que temos sempre alguém a preocupar-se connosco e a parte em que somos constantemente envergonhados e chamados de “filhinhos de papá” – ainda mais se isso acontece numa rede social e o cometário viraloza.

Foi o que aconteceu com Lucas, de Curitiba, no último sábado (16). O rapaz esqueceu de avisar sua mãe, Cleuza Thozolino, por onde ele andava. Ela então encontrou uma notificação no Facebook em que Lucas marcava “interesse” em um evento que se daria no domingo, em um bar. Angustiada com o sumiço do filho, Cleuza não se aguentou, e fez o que a maioria das mães faria: sem sequer pensar na reputação de seu filho, ela perguntou por ele no mural do evento.

Pouco tempo depois do comentário, Lucas já havia contatado sua mãe – mas já era tarde demais, e o post já tinha milhares de comentários, curtidas e compartilhadas. Cleuza demorou pra entender o que havia acontecido, mas quando enfim compreendeu se tratar somente da boa e velha zoeira (com uma dose enorme de carinho), ela decidiu entrar no jogo, e começou a responder as postagens. Ela que já era a mãe do ano, se tornou heroína do Facebook.

Lucas garante que não vai mais sumir, e que sempre avisará à Dona Cleuza – ela, afinal, jamais deixará de se preocupar e de procurar pelo filho, para alegria de todos.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS