Só quem tem animais de estimação sabe o quanto nos custa quando estes partem para um a outra vida. Eu própria tenho dois cachorros labradores e nem quero imaginar quando chegar a hora deles. Vêm-me as lágrimas nos olhos só de pensar.

Para quem não tem animais de estimação, acha sempre exagerada a reacção de quem tem quando estes morrem, perdem-se ou até mesmo são roubados, pois para eles não passam de “simples animais”. Mas não… não para nós, donos, “pais” e “mães” destes seres de quatro patas, que tão bons momentos nos proporcionam durante os poucos anos das suas vidas.

“(…) a ligação que criamos com os nossos animais de estimação … é verdadeiramente única e especial, sendo eles na maioria das vezes considerados como mais um membro da família.”

Na verdade, a ligação que criamos com os nossos animais de estimação, sejam eles cães, gatos, pássaros, etc, é verdadeiramente única e especial, sendo eles na maioria das vezes considerados como mais um membro da família. Daí ser normal que a sua perda seja tão sentida quando a de um familiar, havendo mesmo quem organize funerais e enterros como se de uma pessoa se tratasse.

Aliás, segundo um estudo da Universidade do Havaí, a dor provocada pela morte de animal de estimação não só é intensa e profunda, como também pode durar bastante tempo, havendo mesmo quem sofra durante pelo menos seis meses depois da perda.

Mas, como lidar com essa dor?

Especialistas aconselham a expressarmos todo o nosso sofrimento da forma como bem entendermos, pois não deixa de ser uma grande perda. Seja através do choro, vontade de ficar em casa e não sair. Deves tirar o tempo que achares necessário para superar essa fase.

“Simplesmente aceita e sê paciente, pois durante os primeiros tempos, vai doer.”

Contudo, o mais importante é não te culpares. Se aconteceu, é porque tinha de acontecer e, infelizmente, isso é algo que não conseguimos controlar. Simplesmente aceita e sê paciente, pois durante os primeiros tempos, vai doer.

Quando achares que estás preparada(o), se quiseres, leva um novo amigo de quatro patas para casa. Mas atenção, apenas quando estiveres preparada(o) para isso!

Fonte: Meus Animais

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS