Ser pai/mãe não é nada fácil, e por vezes, o que achamos estar a fazer de melhor para os nossos filhos, na realidade só está a prejudicar o seu futuro enquanto adultos responsáveis.

Por muito que amemos os nossos filhos e queiramos fazer tudo por eles, a verdade é que ao estarmos a facilitar-lhes a vida enquanto são jovens estamos a fazer com que no futuro não sejam capazes de fazerem as coisas por eles mesmos.

Desta forma, se a tua intenção como pai/mãe é educar um adulto responsável e capaz de ser cuidar de si próprio no futuro, então tens mesmo de deixar de fazer estas 8 coisas durante a sua adolescência:

1. Acordá-lo de manhã

Por muito que ames o teu filho – e atenção, isso nem se coloca em causa – a verdade é que acordá-lo de manhã faz com que ele se habitue a não ter essa responsabilidade sozinho, logo, quando for adulto, não vai saber fazê-lo.

2. Fazer o pequeno-almoço e preparar o almoço

Como adolescente, o teu filho já não é propriamente uma criança que não saiba fazer as coisas. Aliás, até porque mais tarde, quando ele for para a faculdade, não vai ter ninguém para lhe fazer tudo, por isso, quanto mais depressa aprender, melhor.

3. Preencher-lhe a documentação

Mantém os teus filhos responsáveis. Eles irão precisar de preencher as candidaturas de emprego e faculdade em breve e precisam de saber como fazer isso sem a tua intervenção.

4. Entregar-lhe os itens esquecidos

Esqueceu-se de algo? Paciência. Ele também tem de ser capaz de arcar com as consequências dos seus actos.

5. Fazeres da sua falta de um plano a tua emergência

Os trabalhos da escola são dados com antecedência, por isso, se chegou ao dia de véspera e não tem tudo o que precisa, não andes a mil à hora só para lhe conseguires tudo. Ele deve ser capaz de organizar um plano.

6. Tratar-lhe da roupa

Ele tem de saber fazer este tipo de coisas para mais tarde poder tratar de si e da sua vida.

7. Ligar aos seus professores

Ensina ao teu filho que, se algo for suficientemente importante para ele, ele precisa de aprender a lidar com o problema ou pelo menos a pedir-lhe para o ajudar.

8. Controlar as suas notas

Claro que te deves preocupar com as suas notas e com o seu percurso escolar, no entanto não deves estar constantemente a perguntar-lhe pelas notas. Essa é uma preocupação que deve ser dele, pois é o seu futuro.

Traduzido e adaptado pela equipa de Inspiring Life

Fonte: Faith It

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM