Por muito que sonhemos em ter uma relação com alguém com quem possamos partilhar o resto da nossa vida, sejam os bons ou os maus momentos, a verdade é que nem sempre podemos estar preparadas(os) para uma relação! Na realidade, existem diversos factores que podem interferir com as nossas emoções e impedir que tenhamos uma relação saudável com alguém.

Contudo, nem sempre temos essa noção e acabamos por entrar em relacionamentos cedo demais que apenas nos prejudicam – tanto a nós como ao(à) nosso(a) parceiro(a)!

Felizmente, existem diversos sinais a que podes estar atenta(o) e perceberes se na realidade estás pronta(o) para dar um passo em frente no campo amoroso, ou se é melhor continuares sozinha(o) mais um pouco!

1. Preocupas-te mais em encontrar o “parceiro perfeito” em vez de “trabalhares” em ti própria(o)

Apesar do amor ser excitante e gratificante quando encontramos alguém que combina bem com a nossa personalidade, os relacionamentos exigem sempre muito trabalho e responsabilidade para se manterem saudáveis. Contudo, por vezes pode não ser correr como esperamos e acabamos desiludidas(os). Por isso, não gastes todo o teu tempo e energia a encontrar alguém que atenda a todos os requisitos da tua lista, mas sim aproveita para “trabalhares” em ser a melhor versão de si mesma(o).

2.  Ainda estás a trabalhar nos teus objetivos e a descobrires quem realmente és

A busca da alma é uma experiência incrivelmente recompensadora, pois é quando consegues refletir, formar conexões com pessoas afins e fazer mais do que te faz feliz.

3. Quando queres alguém que te “salve”

Não só não é romântico teres alguém que te salve dos teus problemas ou miséria, como é perigoso adaptares a mentalidade de usar relacionamentos para te distraíres dos teus problemas. Na verdade, isso pode até atrair parceiros tóxicos que se alimentam do teu comportamento codependente.

4. Queres salvar alguém

Quando queres resgatar alguém dos seus maus hábitos ou tendências destrutivas, acabas por começar a vê-lo mais como um projeto, ao invés de uma pessoa com quem te queres relacionar. Embora seja perfeitamente possível apaixonares-te por alguém que desejas salvar, isso não cria os melhores relacionamentos ou relacionamentos mais saudáveis.

5. Ainda pensas ou falas frequentemente do(a) teu(tua) ex

Nós não podemos controlar quando ou quem conhecemos; é por isso que a vida funciona de maneira misteriosa. Infelizmente, é assim que o tempo pode ser “desativado”. Quando achas que estás pronta(o) para ter um relacionamento com alguém, ele(a) ainda pode estar a recuperar-se do desgosto e ligado ao ex, ou vice-versa.

6. Tens dificuldade em pedir desculpa ou admitir que estás errada(o)

Há uma palavra que descreve o que todo relacionamento precisa: compromisso. Se tens o hábito de pensar que estás sempre certa(o) e preferes manter o teu ego em vez de resolveres as coisas, convém repensares na possibilidade de entrares num relacionamento.

7. És fechada(o) emocionalmente

Se tens uma tendência a manteres as tuas paredes, então podes querer trabalhar para te abrires e seres vulnerável primeiro. É a única maneira de alguém te amar honestamente. Um relacionamento saudável é sobre duas pessoas serem capazes de assumir riscos e crescerem juntas.

Traduzido e adaptado pela equipa de Inspiring Life / Sábias Palavras

Fonte original: Psycho2

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM