Muitos casais, principalmente ao fim de alguns anos juntos, perdem um pouco da sua intimidade. Eu sei que isso pode parecer estranho, pois o normal seria o contrário, certo? Mas a verdade é que com a rotina, muitas relações acabam por se tornar monótonas e a intimidade passe a ser exclusivamente sexual.

Contudo, a verdade é que existe outras formas de sermos íntimos dos nossos parceiros sem haver uma relação sexual!

Queres saber como? Aqui tens 5 formas de o fazeres:

1. Tenham tempo para ter conversas emocionais

Ter este tipo de conversas cruciais pode ser indutor de ansiedade, especialmente se não estiverem habituados. Por isso, definirem um limite de tempo, fazerem uma lista de coisas para falar e reconhecerem a disposição de cada um de conversar pode ajudar a tornar as conversas emocionais mais fáceis.

2. Escuta activamente o(a) teu(tua) parceiro(a)

A escuta ativa é o ato de ouvir o significado do(a) teu(tua) parceiro(a), em vez de apenas  as tuas palavras. Tenta entender as emoções por trás do que ele te está a dizer.

3. Torna-te mais íntima(o) de ti mesma(o)

Existem três tipos de intimidade: auto-intimidade, intimidade de conflito e intimidade afetiva.

  • Auto-intimidade: é sobre entenderes-te a ti mesma(o) e as razões por detrás dos teus sentimentos. Também é importante entenderes como os teus sentimentos influenciam o teu comportamento e como isso pode afetar as pessoas ao teu redor.
  • Intimidade de conflito: é aprenderes a ter interações importantes e difíceis sem te tornares defensiva(o) ou agressiva(o).
  • Intimidade afectiva: é a conotação típica da intimidade; palavras de afirmação, expressões de amor e intimidade sexual.

4. Toca no(a) teu(tua) parceiro(a) enquanto conversam

O toque cria uma conexão física durante as conversas. Não precisa de ser uma conversa de emoção intensificada; pode ser um toque gentil na sua mão ao mesmo tempo que lhe falas sobre algo excitante ou um beijo na testa quando te despedes para ir para o trabalho. O toque é uma das primeiras conexões que fazemos quando crianças, e permanece ao longo das nossas vidas.

5. Termina o dia com coisas boas

Não há nada pior do que saíres de uma interação ainda perturbada(o). Além de não ser construtivo, as emoções negativas não resolvidas podem fazer com que tu e o(a) teu(tua) parceiro(o) deixem as coisas se acumularem por dentro e isso pode levar a mais animosidade e até diminuir o nível de intimidade entre vocês. O transtorno emocional leva à falta de conexão física, o que prejudicará a vossa conexão pessoal.

Traduzido e adaptado pela equipa de Inspiring Life / Sábias Palavras

Fonte: Power of Positivity

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM