Bem a verdade é que todos nós somos humanos, e com o tempo crescemos e fisicamente muita coisa altera, mas é assim a cada dia que passa.

Perdemos o rostinho de anjo de infância que dá lugar a um rosto cheio de borbulhas na puberdade. Aquela altura problemática que todos nós queremos assumir uma identidade, mas estamos longe de saber o que realmente queremos para a nossa vida.

Depois chegamos ao fim da puberdade, quando o nosso corpo assume forma de adulto e a nível de estrutura não haverá muitas mais marcas visíveis durante um longo período. Passamos a ser bem mais atraentes, pois já não usamos aquele aparelho metálico que o dentista recomendou e também, regra geral já nos livramos daquelas borbulhas horríveis causadas pelas “hormonas aos saltos”, entre outras coisas obviamente.

Chegando a fase de adulto, todas as marcas que venham podem ser causadas por hábitos, rotinas, no fundo por todas as escolhas que fazemos na nossa vida. Esta é a verdade nua e crua, a maneira como nos tratamos a nós próprios reflecte-se no espelho. Obviamente que há coisas que o tempo não perdoa, e que vamos ter rugas, e que a lei da gravidade faz todo o sentido enfim, coisas que jamais poderemos evitar.

Entretanto já chegamos à fase da terceira idade, e todas as marcas que iremos ver, vão trazer-nos lembranças de uma vida que viemos em pleno. Todos um dia lá chegaremos, ou pelo menos, vale acreditar nisso, e quando olharem para trás, muito provavelmente só se irão arrepender daquilo que não fizeram.

Mudando de assunto, quem se lembra do famoso filme que passava todos os Natais na Tv, Sozinho em Casa? Provavelmente toda a geração entre a casa dos 20-30 anos lembra-se perfeitamente. Ou até dos filmes do Harry Potter. Se bem que nesses as mudanças foram sendo evidentes quando lançavam um novo filme.

Vejam só como alguns deles mudaram e como hoje em dia é tão evidente estas mudanças.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS