Só quem faz a depilação sabe bem o quão comum é ficar com um – ou mais – pêlo encravado. Isso muitas vezes acontece porque o pêlo não consegue romper a camada de pele quando está a crescer.

Contudo, existe forma de evitar que isso aconteça, principalmente ao fazer a depilação, e para isso basta seguires estas 16 dicas bem eficazes!

Preparação para a depilação

1. Esfoliar

Antes de começares a fazer a depilação, deves primeiro fazer uma esfoliação rápida no local. Desta forma desobstruis os poros removendo células mortas e abres a passagem para os pêlos.

2. Depilação depois do banho

Isso faz com que os poros tenham mais tempo para dilatarem e deixa também os pelos mais macios para saírem de forma mais fácil e suave.

3. Usa uma boa depiladora

As lâminas “descartáveis” são descartáveis precisamente porque deveriam ser utilizadas uma única vez. Já as outras, que são um pouco mais caras, podem valer o investimento, porque fazem a diferença no corte e duram muito mais tempo.

Cuidado com o corte à lâmina

4. Usa um produto próprio

Evite o sabonete, pois este tende a ressecar mais a pele. Senão, substitui a espuma por creme hidratante ou condicionador que devem facilitar o procedimento e torná-lo menos agressivo ao local, ficando uma pele mais macia e hidratada.

5. Não uses lâminas usadas por outras pessoas

Isso é completamente anti-higiénico.

6. Nunca uses uma gilete velha ou enferrujada

O ambiente da casa-de-banho é perfeito para fazer com que a gilete apanhe uma enorme quantidade de bactérias que causam a foliculite.

7. Evite repetir demasiadas vezes 

Qualquer tipo de depilação, seja com cera, gilete, pinça ou aparelho elétrico é uma forma de agressão à pele e à raiz do pelo. Por isso, se passares demasiadas vezes a gilete, a máquina ou qualquer outra opção pode acabar por provocar irritação na pele e vermelhidão.

8. Faz em depilação no sentido contrário dos pêlos.

Assim, o corte ocorre de forma mais suave, sem traumas e reduz a chance de encravar o fio.

Após a depilação

9. Limpa sempre a gilete após a usares

O ideal é passares álcool na lâmina e depois enxaguares em água quente ou morna. Se a gilete parecer velha e enferrujada ou se já a tiveres usado por um tempo considerável, deita-a fora.

10. Não guarde a gilete na casa-de-banho

Depois de limpares a lâmina, é importante deixá-la num local livre de humidade, para evitar que esta acumule bactérias.

11. Cuida bem do local

Evita esfregar com a toalha após o banho e inviste em cremes hidratantes livres de álcool e fragrância, principalmente, se a tua pele for sensível.

12. Cuidado com as roupas

Opta por peças mais largas no local depilado sempre que possível. Assim, diminuis o atrito entre o tecido e a pele.

13. Hidrata bem a pele

Assim também acalmas o efeito de irritação da pele.

14. Inviste em produtos calmantes

Esta é mais para quem tem tendência a ter pêlos encravados.

15. Evita ir à praia depois

Para evitares reacções externas provocadas pelo contacto com o sal do mar, o ideal é depilares-te sempre dois dias antes de ire à praia e entrares no mar.

16. Evita exposição excessiva ao sol

A tua pele fica mais suscetível ao brilho do sol logo depois de te depilares, por isso é muito importante que apliques sempre o protetor solar, mesmo sob peças de roupa.

Fonte: Vix

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS