Cada vez são mais as pessoas que procuram soluções de trabalho em casa, evitando assim a necessidade de terem de sair para trabalhar, não só para poupar nas despesas como para poderem ter mais controlo sobre a sua vida.

Mas atenção, se achas que trabalhar em casa é fácil, bem podes tirar o “cavalinho da chuva”, como se costuma dizer! Tens de ter bastante disciplina para não te distraíres com outras coisas e claro, bastante determinação.

Contudo, se mesmo assim gostarias de ficar a trabalhar em casa, sossegadinha(o) no teu canto, sem teres um chefe ou colegas de trabalho a chatearem-te a cabeça, então aqui tens 12 ideias de negócios online fantásticas:

1. Criar um blog

Esta é uma ideia cada vez mais procurada pelas pessoas, contudo, apesar de muitos acharem que é um trabalho simples de se fazer, fica a saber que não. Requer bastante trabalho, desde:

  • teres de pensar num tema no qual te sintas à vontade para falar;
  • criares um modelo de público-alvo que poderá estar interessado nesse tema;
  • Cria bom conteúdo

Depois disso, à medida que o site começar a ter mais tráfego deverás monetizá-lo através de:

  • publicidade visual com plataformas como o Google Adsense;
  • venda de espaço publicitário;
  • participar em programas de afiliação;
  • venda de serviços e produtos;
  • entre muitas outras opções…

2. Trabalhar com programas de afiliação

Normalmente esta opção acaba por estar ligada à criação de um blog, já que os programas de afiliados servem para promover um produto e incentivar as pessoas a comprá-lo, ganhando uma comissão sobre a venda final que resultar da tua publicação. Logo, deverás ter um grande número de seguidores para que isso realmente apresente resultados.

3. Criar uma loja online

As pessoas estão cada vez a recorrer às compras online para adquirem certos produtos. Não só por não terem o trabalho de se dirigirem às lojas, já que o produto vem ter directamente às suas casas, como pelo facto da maioria das vezes o preço ser mais reduzido quando o artigo é vendido online do que em loja.

Podes utilizar plataformas como o Shopify ou o Tictail que têm já configurados sistemas de pagamento seguros como o Paypal para criares a loja online, ou se preferires ter total controlo sobre a tua página, então o melhor é recorreres ao WooCommerce, onde podes controlar o tráfego, a monetização da loja, os preços e não tens taxas avultadas a pagar a plataformas pré-criadas.

4. Criar um curso online

Esta é também uma excelente forma de ganhar dinheiro online, contudo deverás ter conhecimento nalguma área especifica, tal como:

  • Investimento,
  • economias pessoais,
  • desenvolvimento pessoal,
  • meditação,
  • decoração,
  • organização,
  • alimentação,
  • jardinagem,
  • maquilhagem,
  • fotografia,
  • …!

Podes criar o teu curso online através das plataforma UdemySkillshare ou ainda o Teachable, sendo esta última uma das plataformas de cursos online mais intuitivas e mais utilizadas por bloggers do mundo inteiro.

5. Criar infoprodutos

Para quem não sabe, um infoproduto é um produto digital que passa algum conhecimento sobre qualquer coisa, podendo ser um ebook, um documento pdf, um curso online ou outro produto disponibilizado de forma online.

Neste caso, terás de pesquisar sobre determinado assunto, mas o ideal é tentares perceber o que realmente poderá interessar às pessoas.

6. Ser assistente virtual

Cada vez mais as empresas procuram este tipo de funcionários para ajudarem nas tarefas administrativas, desde leitura e organização de emails, organização de agenda, atualização de compromissos, telefonemas e reservas, organização de documentos, por aí fora.

7. Vender fotografias

Esta ideia é mais para os amantes de fotografias, podendo aliar a sua paixão por esta arte a um negócio que poderá ser bem rentável. Basta para isso disponibilizar as usas fotografias para venda em sites específicos, ganhando no fim uma comissão por cada venda que for efectuada.

8. Fazer trabalhos de revisão

Esta ideia é bastante simples. Contudo, convém que sejas boa(m) em línguas, já que a ideia é reveres textos, documentos empresariais ou teses académicas. Podes utilizar as redes sociais para promoveres o teu serviço, não havendo necessidade de criares um site ou algo trabalhoso.

9. Vender produtos em leilão classificados

Artigos que tenhas em casa e que já não precisas podem ser bastante úteis a outras pessoas, por isso nada melhor do que vender em segunda mão através da internet em sites como o OLX, o eBay ou o CustoJusto. Um conselho: nunca envies nada sem receberes o pagamento primeiro ou então envia à cobrança. Caso contrário, podes acabar sem dinheiro e sem artigo!

10. Vender através de Drop Shipping

Basicamente esta opção é muito parecida com a anterior, contudo não precisas de ter o produto fisicamente em stock. Ou seja, apresentas os artigos ao comprador e encomendá-los ao vendedor, acabando por servir de  “ponte” entre o fornecedor e o comprador. Aqui a a tua única preocupação é a de apresentar os produtos, publicitá-los e fechar a venda, acabando por ganhar uma comissão pela mesma.

11. Ser freelancer

Ao seres freelancer acabas por poder trabalhar para quem quiseres, a fazeres as mais variadas coisas. A única coisa que precisas é de ter um computador e internet.

12. Dar aulas

És boa(m) em alguma disciplina? Inglês, Matemática, História? Podes aproveitar os teus conhecimentos para passares a outras pessoas através de aplicações como o Skype dando aulas online.

Gostaste destas ideias? Deixa-nos a tua opinião nos comentários! 😄

Fonte: Nomadismo

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM




COMENTÁRIOS