A vida é uma verdadeira escola, onde estamos constantemente a aprender lições que podem, ou não, mudar o nosso rumo. Contudo, algumas dessas lições são dadas não só pelos nossos erros, como pelos das pessoas que nos são próximas.

Ainda assim, cada um aprende à sua maneira e entende essas lições de uma forma diferente, mas verdade seja dita, crescer é isso mesmo! É percebermos quem somos, para onde queremos ir, e de que forma o fazemos.

Por isso mesmo decidi partilhar convosco algumas lições que vida que podem adaptar-se a qualquer pessoa, independentemente do rumo das suas vidas.

Presta bem atenção e, mesmo que agora não percebas algumas, acredita que mais tarde ou mais cedo, vais perceber!

1. Não tenhas vergonha. Estende a tua mão a pessoas estranhas

Falares com estranhos é uma forma de partilhares a tua força e conhecimento, por isso não tenhas vergonha e entrega-te mesmo a quem não conheces. Acredita que quanto mais deres de ti, mais irás receber.

2. Se não gostas de algo, admite

A vida é curta demais para fazeres coisas simplesmente para receberes a aprovação de outras pessoas ou para evitares conflitos. Se não gostas de onde estás, levanta-te e sai. Se não gosta do que o empregado te trouxe, pede outra coisa. Se não estiveres feliz com o que alguém te disse, respeita-o. Deves ser o teu próprio defensor.

3. Fica disposta(o) a gastar dinheiro em experiências

Não te preocupes muito em economizar cada centavo. Não há nada como compartilhar o riso com um amigo durante uma boa refeição ou a aventura de fazer uma viagem de última hora a um país próximo. Se tens dinheiro e podes dar-te ao luxo de relaxar, gasta-o.

4. Não tomes decisões impulsivas em momentos em que te sentes extremamente emocional

Espera que os sentimentos e as situações se resolvam, que o tempo passe e que mais respostas se revelem. Não precisas de fazer nada imediatamente. O teu trabalho é cuidar de ti mesma(o) e o resto acaba por se resolver sozinho.

5. Não penses demais ou racionalizes a tua forma de sair em tudo

Há algo a ser dito sobre o risco e confiança na intuição. Isso te irá levar a algumas experiências incríveis que podem não acontecer com o pensamento racional.

6. A tua história e talento são precisos

Há sempre um amigo ou conhecido que pode beneficiar do teu apoio, ou alguém que quer saber que outra pessoa passou pelo que está a passar agora. Não diminuas a tua luz. Não fiques em silêncio. Compartilha-te e reconhece o valor da tua individualidade.

7. Encontra uma pequena coisa pelo qual deves ficar grata(o) em cada momento

Encontra a “melhor coisa” em cada momento, mesmo que seja pequena. Reconhece pelo menos uma coisa pela qual és grata(o). Isso irá ajudar-te a sentir a alegria no mundano e a preciosidade nos aspectos práticos da vida.

8. Não sigas todos os conselhos que te derem

Tenta não deixar que o senso comum ou o “melhor senso” dos outros confundam a tua própria intuição. Reúne opiniões se não tiveres a certeza sobre uma decisão, mas retorna ao teu próprio sistema de orientação interna. Permite que os conselhos de outras pessoas ajudem a fortalecer a tua intuição deitando fora o que não ressoa e se identifica com o que fazes.

9. “Coisas” não interessam. Conexões e ligações sim

O sentido da vida é compartilhá-la. Não são os objetos que são valiosos; é a conexão. Ter uma sala cheia de coisas não pode compensar a falta de amor ou de comunidade. Gasta dinheiro para melhorar a experiência de todos e, se não puderes fazer isso, concentra-te nas qualidades a dar que realmente importam, como amor, presença na conversa, comunicação e o teu tempo.

10. Nunca és velha(o) demais para fazeres algo novo ou experimentares algo diferente

Há algo de admirável no compromisso e ver algo até o fim. Tenta não desistir no meio do caminho se ficar difícil, mas nunca digas a ti mesma(o) que é tarde demais para realizares o teu sonho.

11. A vida não é sobre resolveres os teus problemas, mas sim permitires-te amar e ser amada(o)

A vida é sobre entregares-te. Isso é o que é lindo. É a resiliência do crescimento e continuar.

Traduzido e adaptado pela equipa de Inspiring Life / Sábias Palavras 

Fonte: Tiny Buddha

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM



COMENTÁRIOS