Tu trataste-me da pior forma que uma pessoa poderia tratar alguém. Não que tu me tenhas dito palavras horríveis, isso não, mas as tuas atitudes disseram-me o bastante. A tua falta de carinho e atenção, fizeram-me entender que da tua parte não havia interesse algum. As tuas sumidas frequentes, os teus “ois” meio sem graça, a demora em responder, o teu visto por último, comprovaram que a única pessoa que não tinha entendido que não existia ou na verdade nunca existiu relacionamento entre nós era eu.

O pior de tudo é que mesmo com todas as provas na mesa eu ainda insistia em nós, sempre acreditava que o jogo poderia mudar, e que tu tivesses mudado. Mas não passou de meros sonhos de uma alma ainda iludida.

Todas as vezes que ficamos juntos, eu só queria que tu me desses o carinho que eu sempre te dei.

Só queria que tu olhasses nos meus olhos e dissesses que sempre estarias ali comigo. Eu queria que no dia seguinte tu me mandasses aquela mensagem de “bom dia” que nunca chegou. Que a nossa noite de amor fosse especial, mas não foi. Que tu me levasses para conhecer os teus pais, e os teus amigos num fim de tarde no domingo. Só queria que tu cuidasses de mim e retribuísses o que eu sinto por ti.

Tu sabes que na real eu nunca te cobrei nada, nunca fui muito te falar tudo aquilo que eu pensava, mas pelas minhas atitudes tu poderias facilmente perceber.

Nunca te disse exatamente o tanto que eu gostava de ti, mas se insisti o tempo que insisti para que desse certo é porque eu te amava. Mas de tanto te pedir para ficares, quem resolveu partir fui eu.

De tanto implorar atenção, resolvi sair de cena.

Eu só queria que tu soubesses que tu poderias ser tudo isso que eu falei acima, mas resolveste ser nada. Só lembranças de um caso que poderia ter sido amor mas não foi.

E por fim eu queria te pedir: Quando o próximo alguém entrar na tua vida, faz diferente! Faz valer a pena cada segundo ao lado dessa pessoa. Talvez eu fui a pessoa certa que entrou na tua vida na hora errada. Mas pensa no que eu te falei. Fica bem, eu também vou ficar!

Imagem de capa: g-stockstudio, Shutterstock

PORSheyla Teixeira
Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM