Sabes, meu amor, só te tenho a agradecer …
– Obrigado por teres entrado na minha vida para me ensinar a acreditar de novo no amor.

Pois bem, é verdade, apareceste na minha vida num momento tão frágil, tão cheio e ao mesmo tempo tão vazio, tão cheio de coisas e pessoas novas e tão vazio de crédito no amor.

No momento em que pisaste o chão da minha vida o meu coração tentava recompor-se de um grande furacão que o tinha deixado destruído. Essa minha pequena caixinha cardíaca tinha sido dilacerada e despedaçada e começava nesse momento, a pouco e pouco, a tentar ganhar forças e a reconstruir-se mas ainda tinha dúvidas sobre se o amor verdadeiro existia mesmo ou se não passava apenas de um conto de fadas vivido por farsas perfeitas disfarçadas daquilo que denominam por amor.

“(…) quando dei por mim, já me sentia de novo disposta a aceitar que talvez o amor fosse algo real (…)”

Foste-te aproximando aos bocadinhos, como quem quer entrar de mansinho sem fazer notar a sua presença, mas sem querer marcaste a tua presença de forma mais intensa do que ambos imaginávamos ser possível. Tudo tomou uma proporção tão imensa e profunda que, quando dei por mim, já me sentia de novo disposta a aceitar que talvez o amor fosse algo real e que não era o facto de alguém tentar denegrir a sua imagem que faria dele um sentimento menos digno, pois mostravas-me agora que ainda há quem saiba dar a este sentimento tão nobre o seu verdadeiro sentido.

“(…)  recordo a primeira vez que me chamaste de princesa, de teu amor, do primeiro toque, do primeiro beijo…”

Lembro-me de cada palavra de carinho, de cada gesto meigo e também desse teu lado desajeitado e brincalhão de me tentar animar, recordo toda e cada vez que deixavas escapar um pequeno pedacinho do que sentias por mim mesmo nunca sendo fácil para ti demonstrares o que sentes, relembro-me de cada vez que fizeste de tudo o que estava ao teu alcance para me animar quando eu enfrentava dias piores, recordo a primeira vez que me chamaste de princesa, de teu amor, do primeiro toque, do primeiro beijo…

Nada disso será nunca esquecido, disso podes ter certeza, lembro-me ainda das vezes em que me dizias que uma das minhas maiores qualidades era ser uma lutadora, de uma forma direta e sem rodeios, de um jeito diferente, que nunca ninguém o tinha feito e isso foi o que sem dúvida teve mais sentido para mim, soube nesse momento que havia uma pessoa especial do meu lado que valorizava o meu combate e esforço pelo meu futuro e achei isso sempre tão importante, tão reconfortante, tão decisivo.

Afinal de contas eu acabava de recuperar de uma mágoa causada por não acreditarem e compreenderem a minha luta pela vida e pelo futuro que sempre idealizei, e ser vista como uma lutadora aos teus olhos fez-me, inexplicavelmente, feliz.

Hoje agradeço-te por isso, por me encorajares a lutar pelo que acredito ser melhor para mim, por me dizeres para seguir em frente com os meus sonhos e por me apoiares nisso.

Hoje agradeço-te o sentido que vieste devolver à minha vida, o sentido que vieste repor no meu coração, o valor e a crença que me fizeste voltar a dar à palavra “amor”.

Obrigado por tudo e por nada, por estares do meu lado e pela ânsia de me veres vencer e de venceres comigo…

VÊ TAMBÉM