Não espero que isto mude as coisas, mas tenho saudades. Não sei porque é que insisto em coisas que não me fazem bem, mas isto dá-se em todas as áreas da minha vida. Não vais saber, mas eu tenho saudades.

Porque sempre que eu te vejo a saudade aumenta. Porque eu sou uma merda e não consigo esquecer-te. Porque também não consigo dizer-te que não te esqueço.

Não digo a ninguém as saudades que tenho.

As saudades de tudo, desde a simples conversa até à mais profunda. E mais um dia se passou em que eu não te disse que tenho saudades. Pelo menos já consigo disfarçar isso. Mas tenho saudades, e, no entanto, apesar disso já consigo ignorar a tua presença.

É assim que se começa a esquecer alguém certo? Espero que sim. Dizem que as saudades se dissipam com o tempo e eu só quero que isso seja verdade. Porque até este momento ainda tenho saudades. Sinto saudades, mas não sei se quero que voltes.

Talvez a vida seja isto, aprender a lidar com a saudade.

Porque saudades… Eu sinto-as.

FONTEInês
Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM