Às vezes na vida, nós encontramos-nos num beco sem saída, ou numa encruzilhada, ou num caminho que não parece ir a lugar algum…

Não importa em que estado tu estás na vida, se estás infeliz com ela, ou se não tens a certeza de como proceder, apenas sentes que precisas de reavaliar a tua situação antes de continuar.

Quando eu estava na escola, eu lembro-me de ter pensado que eu tinha que escolher uma carreira na qual eu seria feliz pelos próximos 50 ou mais anos de minha vida. Eu lembro-me que essa era uma tarefa simplesmente assustadora.

Como podes saber o que te vai fazer feliz pelo resto da tua vida, especialmente se tiveres apenas 16 anos?

Abaixo, lê algumas dicas de como te reavaliar quando simplesmente não sabes o que fazer…

Lembra-te que tu não tens como adivinhar o futuro, entretanto, tudo o que aprendes no presente faz parte da tua bagagem

A vida é cheia de reviravoltas. Talvez hoje tu gostes de fazer jóias e descubras que podes vendê-las. Mas daqui a cinco anos podes ser um designer de jóias de sucesso ou podes simplesmente descobrir que, devido a teu gosto estético e habilidades manuais podes ser uma excelente arquiteta ou decoradora de interiores. Não importa o quão simples e singelo é o que tu fazes, todas as experiências te aprimoram como ser humano e te levam para etapas superiores. O segredo é ter a humildade para aprender, a flexibilidade para te adaptares a novas situações e a criatividade de aproveitar a tua história anterior para seguir ou, pelo contrário, para saber exatamente o que não queres fazer.

Tenta ser confortável com o desconforto.

A nossa vida pode ser muito desconfortável. Às vezes não temos dinheiro suficiente para fazer todas as coisas que queremos ou que precisamos. Aliás, o fato de não termos é justamente o que nos motiva a lutar para continuar. Quando o nosso sonho está vinculado a um projeto pessoal, necessitaremos de muito tempo, dedicação, sacrifícios e economia para que os objetivos sejam alcançados. Entretanto, provavelmente será essa experiência adquirida no percurso a única capaz de fazer com que sejamos capazes de sustentar o nosso próprio negócio. Ou tu nunca paraste para te perguntar o porquê de muito herdeiros destruírem os patrimónios tão facilmente? Exato, porque não foram eles que construíram.

A vida é incerta. SEgue com ela.

As coisas acontecem a toda a hora, por mais que não queiras pensar sobre isto, tudo pode mudar brusca e inesperadamente. Seja pela morte de alguém, seja pela perda de um emprego estável quando tu já tens uma idade mais avançada, seja por causa de um desastre da natureza ou grave acidente. Simplesmente não tens a certeza sobre aquilo que vai ser o teu futuro. E aí eu digo-te, para lidar com mudanças tão sofridas e radicais, não seria mais fácil se tivesses destinada uma vida onde já te mudaste e adaptaste em diversas ocasiões? Um despedimento ou transferência de cidade, ao contrário do que se pensa, pode ser uma grande benção na tua vida! Segue e aprende com as mudanças que a vida te impõe!

Supera as distrações

Os anos vão passando e vais envelhecendo. Desculpa, mas é verdade. Se não começares a organizar-te para seguir os teus sonhos, no final da tua vida podes acabar sem nada, nem arrependimento. Se queres mesmo realizar um sonho, dá os primeiros passos. Desliga as notificações do Facebook e começa a trabalhar. Não vais chegar a lugar nenhum apenas a pensar sobre o quão grande poderias ser.

arranja tempo só para ti

Tira algum tempo para ti mesma. Reflecte e conhece mais sobre ti própria. Medita. Não gostas de ficar quieta? Sai para caminhar sozinha e pensa enquanto andas. Anotas as coisas que te interessam e as coisas que poderias fazer. É disto que tu gostas! Sonha muito. Acalma a tua mente e realmente imagina-te a fazer essas coisas.

torna-te voluntário, ajuda alguém que não tu própria e aprende algo novo

Todos os sonhos do mundo não vão ajudar-te se não arregaçares as mangas e sujar as mãos. Às vezes, nós pensamos que queremos fazer alguma coisa e, em seguida, uma vez que experimentamos, percebemos que aquilo pode não ser o tipo de trabalho que gostamos. Também pode acontecer exatamente o contrário e, após experimentar uma atividade que achamos que nunca gostaríamos, descobrimos que aquilo pode ser muito interessante. Aprender dá um prazer que, se não for colocado em prática, pode ser esquecido. Ajudar alguém a fazer algo promove uma realização pessoal que muitos nem conhecem.

Sonha muito, mas não te esqueças das tuas metas

Eu sei que sabes que o dinheiro não cai do céu e que também precisas de dinheiro agora. Muitas vezes, fazer algo que não é nosso ideal pode ser só um degrau no caminho de nosso sonho. A diferença é a seguinte, podes passar a vida a fazer algo que não gostas se não te organizares para poder seguir com as tuas metas. É por isso que traçar objetivos e etapas é tão importante. Nada é tão mau se soubermos que aquilo é só uma etapa de um caminho que traçamos e estamos a lutar para construir.

Atende a porta.

A oportunidade pode bater à porta a qualquer momento, mas se não atenderes a porta, como podes tirar proveito dela? Deves aproveitar as oportunidades quando elas aparecem. Nem sempre as oportunidade vêm no momento certo, mas não importa. Lembre-te da tua felicidade.

Desliga esse telemóvel e vai buscar a tua vida.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM