Em 1998 nasci mas nunca soube qual é o meu propósito na Terra e nem nunca tive nenhuma certeza sem ser aquela em de que um dia hei-de morrer. Mas até lá, tenho um Mundo la fora para viver, aliás viver intensamente. Mas esse Mundo só faz sentido ao meu lado.

O Mundo até pode não mudar sem ti, mas eu mudaria, deixaria de o pintar de todas as cores e passava a usar só o preto e branco nele.

Aliás, o Mundo só começou a ficar com cor no dia 3 de Novembro de 1999 . Só começou a ter significado em 2015/2016 e, só se juntou ambos num no dia 23 de Dezembro de 2016. Já te disse como agora o numero 23 me parece bonito? Em todo o lado aliás.

“(…) o difícil é conquistar-me e cativar-me todos os dias, cada vez mais.”

Adoro a maneira como me conquistaste, conquistar-me nem é difícil, o difícil é conquistar-me e cativar-me todos os dias , cada vez mais. E tu fazes isso sem notares.

Adoro o teu sorriso. Já te falei do teu sinal ao pé do nariz não já? Fica tão bem juntamente com os teus olhos castanhos esverdeados.

E o teu riso quando tens ciúmes? Dá-me vontade de te gritar que te amo e mostrar ao Mundo a sorte que tenho em te ter na minha vida.

“É uma dádiva teres-me dado a oportunidade de preencher os teus dias (…)”

Era uma simples rapariga quando te conhecia e agora sinto-me a mais feliz do Mundo só por te ver, ter, cheirar ou te ver sorrir por minha culpa.

É uma dádiva teres-me dado a oportunidade de preencher os teus dias , de entrar na tua vida, de te fazer sorrir, de te acordar, de adormecer nos teus braços.

É uma dádiva ainda maior puder viver experiências contigo, experiências que serão sempre únicas por terem sido partilhadas contigo

Nunca me vou esquecer de ti, nem que um dia o destino me pregue uma partida e um desgosto e te tira da minha vida. Porque se o fizer vou-lhe sempre agradecer por me ter dado uma segunda chance contigo, de puder ter aprendido a ser melhor pessoa para o Mundo contigo. Por ter aprendido contigo a dar valor as mínimas coisas. Porque nós somos efémeros na vida e só cá estamos de passagem.

“Quero viver como se não houvesse amanhã. E tu és o meu agora. o meu hoje. E o meu eterno amanhã.”

Mas enquanto cá estiver , eu quero perdoar, sorrir, especialmente amar os meus familiares, amigos e a ti.

Quero viver. Especialmente contigo. Quero viver como se não houvesse amanhã. E tu és o meu agora. o meu hoje. E o meu eterno amanhã.

Amo-te com todas as minhas forças e as do Cosmos.

PORCristiana Santos
Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM