Com o tempo a gente vai percebendo que aquela pessoa que que a gente ama (ou pensa que ama) mas que não nos valoriza, definitivamente não é o “alguém” da nossa vida. A gente aprende também a gostar de nós mesmos, a cuidar de nós e, principalmente, a gostar de quem também gosta da gente.

O segredo não é correr atrás das borboletas… O segredo é cuidar do jardim para que elas venham até nós. No final das contas, a gente vai perceber que às vezes quem nos merece de verdade não é quem nós estávamos procurando por aí, mas sim quem estava procurando por nós!

“(…) as primeiras pessoas a quem esse alguém faz questão de te apresentar, com orgulho, são a sua família e os seus amigos.”

Um dia a gente percebe também que quando alguém realmente quer nos assumir, quando alguém realmente nos admira e tem um interesse sincero e verdadeiro por nós, as primeiras pessoas a quem esse alguém faz questão de te apresentar, com orgulho, são a sua família e os seus amigos. Quando alguém te convida para viver uma relação distante da família, longe dos principais amigos e fora do alcance de tudo aquilo que faça parte da sua vida íntima e social, podes ter a certeza de uma coisa: Essa pessoa não tem planos sérios de futuro contigo.

Porque quando alguém ama de verdade uma pessoa, sente orgulho nela, admira-a, e faz questão de assumir para toda a gente que tem ao seu lado a pessoa mais incrível e fantástica do mundo.

Imagem de capa:  Hrecheniuk Oleksii, Shutterstock

FONTEDesconhecido
Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM