Quando li esta notícia no site fiquei um pouco estupefacta ao perceber que o nosso cérebro tem a capacidade de reeducar todos os nossos hábitos de uma vida em apenas 21 dias!!! É simplesmente fantástico, tudo o que precisamos para mudar de vida são apenas 21 dias de determinação, e depois tudo fica mais fácil.

Já imaginaram que fantástico, em apenas 21 dias conseguirmos mudar e transformar a nossa vida, mudar os hábitos alimentares, deixar os vícios maus, começar a fazer exercício físico, parar de criticar os outros… há tanta coisa que se pode deixar de fazer e tanta coisa que podemos começar a inserir na nossa rotina diária para melhorar-mos a nossa qualidade de vida. É verdade que é difícil mudar hábitos, mas ao que parece 21 dias não é assim tanto.

Sabias que o aquilo que és, a personalidade que tens, os valores que possuís, estão directamente ligados com os teus hábitos? Há quem diga que vem da educação que temos em casa, mas não é bem assim. Todos os teus comportamentos fazem de ti a pessoa que és.

Como diria Ganhdi:

“As nossas crenças transformam-se em pensamentos, os nossos pensamentos transformam-se em palavras, as nossas palavras transformam-se em acções, as nossas acções transforma-se em hábitos, os nossos hábitos transforma-se em valores e os nossos valores revelam o nosso destino.

Quando alguma acção se repete ao longo do tempo, o nosso cérebro tem a capacidade de replicar essa mesma acção de forma quase automática. Os neurocientistas garantem que o nosso cérebro trabalha de duas formas distintas: inconsciente e consciente. Estranho né? Fazer coisas de forma inconsciente, mas é possível sim. O chamado o “modo automático” são aquelas acções que fazemos sem prestar atenção total em cada movimento. Já pensaste como tudo é tão automatizado, quando conduzes? Obviamente que numa primeira vez tudo é feito de forma consciente, mas com a repetição dos comportamentos o nosso cérebro tem a capacidade de tornar a acção numa acção realizada de forma inconsciente.

Obviamente que aquilo que és, poderá ser influenciado por outras pessoas. Na infância pela educação dos pais, na adolescência pelos amigos, e na idade adulta muito provavelmente com alguém com quem partilhes a tua vida. Por isso não é de todo inválido, que as companhias podem influenciar os teus hábitos. Mas isso depende de pessoa para pessoa, há pessoas que se deixam influenciar mais do que outras. No entanto isso não é um entrave, nem uma desculpa para não mudares a tua vida. Podes sempre ser tu a pessoa que influencia os outros à tua volta a mudar de hábitos.

Segundo a neurociência, 95% do tempo agimos de forma inconsciente. Será que isto é bom ou mau? De certa forma pode ser bom, uma vez que tudo o que nós precisamos para mudar os nossos comportamentos é repetir uma acção várias vezes para poder agir de forma inconsciente, ou seja, reprogramar o nosso cérebro.

Mas atenção, não penses que podes criar uma hábito novo a cada 21 dias, isso iria tornar-te uma pessoa robótica, que não pensa antes de agir. Cuidado, os pensamentos e comportamentos automáticos tiram-te a atenção do momento presente, ficarias sem capacidade de te adaptar a novas situações.

Por isso “reprograma” apenas aquilo que achas que não é de todo vantajoso para a tua vida.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM