Por muitos avisos que sejam feitos, o bullying continua a ser um grande problema e grave entre os jovens que, infelizmente, acaba muitas vezes por resultar numa tragédia, levando algumas das vitimas a suicidarem-se por já não conseguirem suportar os insultos e a humilhação de que são alvos.

Foi o que acabou por acontecer com Karina Saifer Oliveira, uma jovem de 15 anos, de Nova Andradina, Campo Grande, que acabou por se enforcar na varanda depois de sofrer de bullying por parte dos seus colegas da escola.

Tudo começou há mais de um ano, quando ao envolver-se sexualmente com um rapaz de 17 anos, começou a surgir o boato de que este havia partilhado fotos íntimas suas como uma forma de troféu. Sendo uma cidade pequena, com apenas 50 mil habitantes, a história  espalhou-se rapidamente e alguns dos seus colegas de escola começaram a implicar com ela e com o seu cabelo, pois por ser filha de mãe branca e pai negro, tinha o cabelo crespo.

Notando a sua tristeza, e após uma colega de Karina ter contado que esta já havia tomado veneno, o director da escola chamou-a ao seu gabinete juntamente com o seu pai e ela acabou por contar o que se andava a passar, sem revelar o nome dos alunos que a atormentavam.

A situação tornou-se de tal forma insuportável que o pai de Karina chegou mesmo a planear mudarem de cidade, mas já não foi a tempo. No dia 7 de Novembro de 2017, Karina acabou por ser encontrada pela mãe enforcada na varanda de casa.

Já não bastando a tragédia, uns dias depois, uma das irmãs de Karina recebeu no WhatsApp uma foto do corpo da irmã na cena do suicídio, revoltando bastante os familiares. No entanto, apesar da família ter apresentado queixa do vazamento das imagens no 1º DP de Nova Andradina, ainda não houve qualquer resultado da mesma.

Infelizmente o bullying é uma realidade que, por muito que algumas pessoas não levem a sério, pode trazer consequências absolutamente desastrosas. Não podemos mesmo permitir que isto continue!! Não ao bullying!

FONTEBuzzFeed
Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM