De acordo com um estudo realizado pelo departamento de psicologia da UNAM, o Dr. Filemón Alvarado e o Dr. Edgardo Morales, os homens que são casados com mulheres mais gordinhas são dez vezes mais felizes do que os outros.

Segundo o mesmo estudo, os homens sorriem mais ao terem parceiras mais “cheiinhas” e são mais propensos a resolver problemas mais facilmente.

Na realidade, isso pode ter muito a ver com a auto-confiança que muitas dessas mulheres aprendem a desenvolver para combaterem a criticas da sociedade, acabando assim por aumentar-lhes a sua auto-estima, e por consequente, permitir que tenham uma relação amorosa saudável e feliz com quem aceite o seu corpo tal e qual como ele é.

Independentemente disso, o que importa é que sejamos felizes, seja com pessoas magras ou gordas. O amor não olha para o peso, nem para a forma. Amor é simplesmente AMOR!

FONTEYour Tango
Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM