Para mim, um dos piores hábitos que existe é roer as unhas. Felizmente, nunca apanhei esse péssimo hábito que tem o nome de Onicofagia, mas acho horrível as pessoas que o fazem. Não só é anti-higiénico, como esteticamente deixa a mão feia com umas unhas minúsculas.

No entanto, sei bem o quanto custa abandoná-lo e foi a pensar nisso que o inventor e jornalista Paulo Gannam desenvolveu o “Protetor de Unhas para Portadores de Onicofagia”, que se trata de uma película que reveste as pontas dos dedos e impede que o roedor morda as unhas.

Segundo Paulo, o produto permite a transpiração da região, não causa desconforto e não prejudica o tato, sendo feito feito em látex de borracha e confeccionado por uma artesã.

A ideia surgiu pelo facto do próprio Paulo ter o hábito de roer as unhas e ter bastante dificuldade em deixar de o fazer, percebendo que “quando as unhas estão protegidas e a pessoa lembra constantemente da necessidade de cuidar delas, o hábito de roer poderia acabar.”, segundo Paulo.

Com diversas pessoas a fazerem tratamentos psicológicos para tentarem deixar este péssimo hábito, o “Protetor de Unhas para Portadores de Onicofagia” poderá sem dúvida vir a ser uma solução bastante eficaz.

Podendo ser comercializado em diversos designs, ainda não existe à venda, sendo que Paulo ainda se encontra à procura de investidores para avançar com o projecto.

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM