Decido que não é boa ideia voltares e o que é que acontece?

Lá vens tu como se o tempo que passou desde a última vez que falámos não tivesse passado. Sim, eu sei que nem te dei oportunidade de dizeres o que realmente sentes… para mim é difícil acreditar nas tuas palavras mas não penses que esse é o único motivo pelo qual não correspondi a tua tentativa de aproximação.

Podes chamar isto de egoísmo mas eu preciso de pensar em mim, tenho um futuro pela frente e permitir que estejas por perto não sei se é a melhor opção.

Tu és inconstante, nunca sei quando decides afastar-te nem o que esperar de ti e isso não é bom para mim.

Aliás não é bom para nenhum de nós, quando é que decides o que realmente queres da vida? Vai chegar uma altura em que vais perceber que as coisas não são realmente como nós queremos… existem escolhas que precisam de ser feitas e as vezes para teres uma coisa precisas de abdicar de outra.

Essa é uma das leis da vida…

Eu fui o teu passatempo durante algum tempo, hoje eu sei e admito isso mas não estou disposta a sê-lo novamente… doí tanto quando percebes que não tens o papel que querias ter na vida de alguém mas depois de cometeres esse erro já não queres voltar a passar pelo mesmo outra vez.

É suposto aprendermos com os nossos erros, será que nunca percebeste que quando magoas uma rapariga é difícil voltares a tê-la (seja para o que for)? Talvez nunca tenhas sentido isso na pele e eu sei que nunca disse com todas as palavras que me magoaste mas disse-te várias vezes que confiar em ti não era fácil… posso ter dito por indiretas mas disse e tu sabes bem que todas aquelas palavras fazem sentido, basta pensares em ambas as nossas vidas e nesta história toda.

Não sei bem o que vai dentro dessa mente nem nesse coração mas sinceramente dá-me um certo gozo perceber que ainda não me esqueceste, que ainda te lembras de mim nem que seja quando a saudade das nossas conversas aperta ou quando precisas de ocupar o teu tempo, sabes porque?

Porque até hoje nunca houve um dia que não me lembrasse de ti, porque quero ver até onde essa vontade de me ter perto de ti vai…

Talvez eu própria perca com isto mas se em palavras eu não confio resta-me esperar atitudes e se for a avaliar por algumas que já tiveste não temos realmente futuro juntos.

O meu coração já entendeu isso, os sentimentos custam a passar quando são verdadeiros… e tu já percebeste a quantidade de voltas que esta história incerta já levou? Eu cá me vou modificando após cada uma delas e sei que cair no teu encanto não pode fazer parte dos meus planos, agora resta saber o que achas disto tudo e o que realmente sentes dentro de ti!

PORDiana Lima Machado
Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM